Notícias sobre Receita Federal - 2017

Servidores da Receita Federal cobram valorização

Acesso para Assinante


Servidores da atividade-fim da Receita, auditores-fiscais e analistas-tributários promoveram atos cobrando a implementação do reajuste salarial acertado com o governo. Categorias também sofrem com a falta de pessoal, mas concurso solicitado para os dois cargos foi rejeitado pelo Ministério do Planejamento. Defasagem deverá aumentar até o próximo ano, tornando seleção cada vez mais urgente. Faça login e saiba mais!

Déficit aumenta chances de concurso na Receita Federal

Acesso para Assinante


Para o presidente do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda), Luís Roberto da Silva, o resultado da negativa do governo ao pedido de concursos feito pelo Ministério da Fazenda será um só. “Se o governo mantiver a decisão de não realizar concurso este ano e no ano que vem, a Receita Federal irá parar”, afirmou ele, revelando a gravidade da situação e a esperança de que essa suspensão possa ser revertida.

Área de apoio: preparação e olho em oportunidades afins

Acesso para Assinante


O pedido de concurso feito pelo Ministério da Fazenda também incluia cargos da área de apoio da pasta, como assistente (de nível médio, com iniciais de R$3.756,82, incluindo o auxílio-alimentação, de R$458) e analista técnico-administrativo (superior; R$4.969,02), a maior parte para lotação na Receita Federal. Com a devolução do pedido, especialista orienta interessados a materem os estudos e ficarem atentos a oportunidades para cargos com o mesmo perfil da função pretendida. Faço login e saiba mais! 

Tributarista defende quadro maior para a Receita Federal

Acesso para Assinante


Embora possua uma das cargas tributárias mais elevadas do mundo, o Brasil tem visto os índices de arrecadação federal caírem nos últimos anos. Embora a principal razão para a queda seja o enfraquecimento da economia, o país poderia estar obtendo melhores resultados. Na avaliação do presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), João Eloi Olenike, para isso, seria necessário um maior número de fiscais na Receita. "O quadro da Receita não tem nem de longe condições de atender a questão da fiscalização das empresas brasileiras, que são muitas", afirmou.

Avança pedido de mil vagas para a Receita Federal

Acesso para Assinante


O processo que pede concurso para o Ministério da Fazenda, com 2.495 vagas na própria pasta e em órgãos vinculados, avançou no Ministério do Planejamento, na última segunda-feira, 27. Nessa data, foi registrado o recebimento da documentação no Gabinete da Secretaria de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho no Serviço Público do ministério.

Representante dos analistas não crê em devolução do pedido

Acesso para Assinante


Presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal (Sindireceita), avalia que ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, não teria encaminhado ao Ministério do Planejamento o pedido de concursos para o seu ministério e órgãos vinculados se não tivesse certeza da possibilidade e necessidade de sua realização. Quantitativo solicitado por ministro foi apenas para necessidades mais urgentes, mas, para sindicalista, necessidade foi subdimensionada. Pedido foi de 2.495 vagas, das quais 787 para assistente técnico-administrativo (de nível médio, com remuneração inicial de R$3.756,82) e 60 para analista técnico-administrativo (superior; R$4.969,02), na área de apoio, e  400 de auditor-fiscal (superior; R$18.754,20) e 600 de analista-tributário (superior; R$10.623,92), na área fiscal. Faça login e saiba mais! 

Pedido de Meirelles fortalece concurso na Receita

Acesso para Assinante


Presidente do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda), avalia que homem forte da área econômica do governo Temer não teria feito pedido de concurso se não fosse possível realizá-lo. Outro fator determinante seria a solicitação apenas para suprir as demandas urgentes. Foram requisitadas 2.495 vagas, das quais 787 para assistente técnico-administrativo (de nível médio, com remuneração inicial de R$3.756,82) e 60 para analista técnico-administrativo (superior; R$4.969,02), na área de apoio, e  400 de auditor-fiscal (superior; R$18.754,20) e 600 de analista-tributário (superior; R$10.623,92), na área fiscal. Faça login e saiba mais!  

Candidatos devem manter estudos em dia para a Receita

Acesso para Visitante


Apesar do anúncio da suspensão de concursos federais para 2017, a seleção para a área fiscal da Receita Federal poderá se tornar uma realidade no próximo ano, tendo em vista que o ingresso de novos auditores-fiscais e analistas-tributários contribuiria para o aumento da arrecadação, em uma momento em que o país vive uma grave crise financeira. Em virtude disso, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, encaminhou ao Ministério do Planejamento pedido de 2.495 vagas, sendo mil para essas duas carreiras

Ministro da Fazenda pediu total de 2.495 vagas

Acesso para Visitante


O pedido de concurso do Ministério da Fazenda encaminhado ao Ministério do Planejamento foi para 2.495 vagas em cargos dos níveis médio e superior, abrangendo diversos órgãos fazendários. Em carta encaminhada ao ministro interino do Ministério do Planejamento, Dyogo Oliveira, no último dia 7, o próprio ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, solicita que essa oferta seja incluída no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), na hipótese de haver espaço orçamentário.

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações