Biologia 'de boas': lista de séries e filmes para estudar


enem-2016-logoFalta menos de um mês para a tão esperada prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizada nos dias 5 e 6 de novembro. O Ministério da Educação (MEC) já autorizou o início da distribuição das 18 milhões de provas. Serão quase 9 milhões de inscritos alocados em 17 mil locais em todo o país. A partir do dia 18 de outubro, os candidatos receberão o e-mail com o cartão informativo das provas, contendo o local de aplicação dos exames, que deve ser impresso e apresentado nos dias de prova.
 
A presidente do Inep, Maria Inês Fini, disse que o Enem é uma joia que se transformou em oportunidade para os jovens. Ela elogiu o trabalho do Exército, que desde de 2009 armazena as provas e apoia a logística do exame. "A prova é cercada por grande cuidado por todos os entes federativos e que nos acompanham nessa missão: os Correios, a Polícia Federal, o Exército, o Ministério da Defesa. O Exército guarda essa joia preciosa que é a prova do Enem", disse Maria Inês.
 
 
A regra básica e essencial para todas as disciplinas é organizar todo o conteúdo aprendido ao longo do ano. Para o diretor pedagógico do Descomplica, Rubens Oda, na reta final é muito importante que o aluno fique atento aos principais assuntos que caíram no novo Enem (de 2009 até hoje), nas diferentes áreas do conhecimento. "O aluno tem que ficar atento no que a gente chama de 'raio X do Enem' pra que ele possa dar uma olhada final, fazer resumos dos assuntos que sempre estão mais em evidência", disse Rubens, que também é professor de Biologia.
 
Nesta matéria os assuntos são mais contextualizados, por isso Rubens aconselha que os vestibulandos devem fazer simulados. "Refazer o conteúdo de provas anteriores é importante não só para fixar o conteúdo, como também para que o aluno possa ver como são as questões cobradas no Enem", aconselhou Rubens, frisando a necessidade de, ao fazer exercícios, planejar e monitorar o tempo gasto em cada questão. "Muitas vezes o tempo é o grande inimigo na hora da prova."
 
Uma boa notícia para aqueles que estão desde o início do ano em um "relacionamento sério" com os livros e apostilas: também é possível aprender um pouco mais sobre Biologia enquanto você descansa das longas rotinas de estudo. Ligue a TV e pegue a pipoca; confira as dicas abaixo e bons estudos!
 

Filmes e séries para o Enem 

House

A aclamada série traz a experiência da equipe médica do hospital Princeton-Plainsboro, sob o comando do ácido Dr. House. A cada episódio, você verá várias animações de fisiologia e citologia. Aprenda sobre parasitoses, doenças degenerativas e é claro: Lúpus! Doença autoimune que é  lembrada em quase todos os episódios!
 
Procurando Nemo

Se você nunca viu essa animação, aproveite! A forma como são apresentados os seres vivos do talassociclo (sim, assim que nós biólogos chamamos os oceanos!) é incrível. Entenda melhor sobre as cadeias alimentares aquáticas, os seres abissais e passe a falar em baleiês com seus pais!
 
Jurassic Park

Este clássico da ficção científica traz processos muito discutidos em sala de aula. Os limites éticos da clonagem e da transgenia, a extinção de espécies e mesmo a reprodução por partenogênese aparecem entre grunhidos dos velociraptors e do grande T-Rex.
 
Wall-E

Imagine a humanidade destruída pelo seu próprio lixo? Imagine uma população obesa e escrava das benesses da tecnologia? A animação Wall-E é uma grande crítica à sociedade moderna. Assista o filme, se divirta com Wall-E e E.V.A e repense suas práticas de consumo em busca do desenvolvimento sustentável. 
 
Guerra Mundial – Z

Será que vírus poderiam transformar pessoas em zumbis? Difícil descrever como zumbis e biologia se relacionam sem dar spoiler deste filme! Assista a este filme repleto de ação, se assuste com os zumbis e entenda que estar doente pode ser a salvação para a fuga do apocalipse zumbi!
 
2012

Já imaginou uma tempestade de neutrinos gerar um grande aquecimento global e o fim do mundo? Com certeza, a física mostra que tal narrativa é impossível, mas por outro lado, a crescente temperatura do planeta mostra que não estamos muito distantes desse destino. Assista ao filme e repense sobre as causas e consequências do agravamento do efeito estufa, um dos temas mais cobrados nos vestibulares e no Enem.
 
Chernobyl – Sinta a radiação

Para terminar, vamos levar sustos? Este ano, o acidente nuclear ocorrido na Ucrânia completa 30 anos. Os efeitos da radiação nos seres vivos e no meio ambiente são sentidos até hoje na região. Agora, criar um monstrengo que devora pessoas somente no filme é possível! Use o filme para ver a paisagem inóspita encontrada na região e, entre um e outro susto, pense nos efeitos imediatos e em longo prazo da radiação no corpo humano.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações