ProUni: Bolsa parcial pode ser financiada


O ProUni oferece bolsas de estudos de 100% ou 50% em instituições privadas brasileiras para estudantes com baixa renda. No entanto, caso o beneficiado com uma bolsa parcial ainda tenha dificuldade em pagar o curso, uma alternativa é optar pelo financiamento do valor restante do curso através do Fies.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação que financia em até 13 anos o valor do curso de estudantes do ensino superior. Para conseguir a linha de crédito, a partir do Prouni, é preciso que a universidade esteja cadastrada nos dois programas e que o curso de interesse do estudante tenha obtido resultado positivo do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

O financiamento pode ser solicitado em qualquer época do ano. O primeiro passo é fazer a inscrição no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). Nessa etapa, o estudante deverá informar inicialmente seus dados pessoais e de contato. Logo após o recebimento da confirmação do cadastro, o interessado deve se inscrever no curso e na instituição de interesse, juntamente com as informações do financiamento. Em seguida, o estudante deve validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição em até 10 dias.
 
Na última etapa, o candidato terá mais 10 dias, contados a partir do 3º dia útil após a validação de inscrição pelo CPSA, para formalizar o financiamento. O estudante escolherá a instituição bancária de sua preferência, sendo a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil os atuais agentes financeiros do programa. É garantido para bolsistas do ProUni o financiamento de até 100% do valor a ser pago.
 
O pagamento do financiamento ocorrerá em três fases. A primeira acontece durante o período de realização do curso, quando o estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de R$50, referente aos juros de 3,4% ao ano, incidentes sobre o financiamento. Após formado, o beneficiário terá 18 meses de carência para recompor seu orçamento, continuando o pagamento das taxas trimestrais. Encerrado este período, o saldo devedor do estudante será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 meses.

Serviço
sisfiesportal.mec.gov.br

Por: Daiane Possimoser - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações