Projeto Redação Instituto Gaylussac: aliado educacional


Os professores do Instituto Gaylussac, em Niterói, acreditam nos frutos que o Projeto Redação pode trazer aos estudantes e, por isso, têm o concurso de textos como aliado na disseminação da leitura e da escrita. Fazer com que os estudantes tenham prazer no hábito de ler escrever é uma das inúmeras missões dos docentes em sala de aula.

Veja também
Redação trilíngue: a marca do Gaylussac

Projeto Redação 2016 Instituto Gaylussac: possibilidade de acompanhar a evolução dos alunos

A professora de Língua portuguesa, Camila Groppo, diz que o projeto traz grandes benefícios aos estudantes e ressalta como deve ser trabalhado esse estímulo. "Acredito que com isso os alunos compreendem bem a leitura como uma atividade que não é simplesmente uma obrigação dentro da sala de aula e percebem que aquilo proporciona prazer. Eles escrevem porque gostam e não porque a professora mandou."

Para a professora de Língua inglesa, Monica Kassuga, o sucesso o projeto na escola é o fato de não ter um tema específico como guia. A docente diz que o concurso mobiliza os alunos buscarem informações para escreverem melhor, o que considera essencial. "É importante porque mantém a meta de estímulo de escrita. De leitura também, mas principalmente de escrita, porque eles ficam mais vaidosos, começam a procurar informações para poder escrever. Porque eles sabem que vão ter a possibilidade de publicar o texto em um livro. O estímulo da leitura, neste caso, é fundamental."

Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações