ProUni: inscrições a partir de sábado, dia 14


A partir deste sábado, dia 14, estarão abertas as inscrições para bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior, por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni). São 195.030 bolsas oferecidas no primeiro semestre, sendo 98.728 integrais e 96.302 parciais, de 50% da mensalidade.

Os interessados poderão se inscrever somente até o próximo dia 19. A iniciativa contará apenas com uma fase de inscrição, com duas chamadas para convocação dos pré-selecionados. Os candidatos poderão escolher até duas opções de curso e instituição. Para se inscrever, é necessário informar o número de inscrição e a senha do Enem 2011.

No dia 22, o Ministério da Educação divulgará a primeira chamada. O estudante deverá comparecer à instituição de 23 a 1° de fevereiro, para apresentar a documentação e providenciar a matrícula. A segunda chamada está marcada para o dia 7 de fevereiro, com prazo para matrícula e comprovação de informações até o dia 15 do próximo mês.

Os interessados em se candidatar às bolsas integrais devem ter renda familiar, por pessoa, de até R$993 (o correspondente a um salário mínimo e meio). As parciais são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos (R$1.866, em janeiro) por pessoa. Outros requisitos são: ter feito o Enem 2011, alcançando o mínimo de 400 pontos na média das cinco notas do exame e, pelo menos, nota mínima na redação; cursado todo o ensino médio em escola pública ou, em caso de colégio particular, na condição de bolsista integral.

Professores da rede pública de ensino básico que concorrem a bolsas em cursos de licenciatura, curso normal superior ou de pedagogia não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola na qual atuam.

Na fase de comprovação das informações, os candidatos e integrantes do grupo familiar devem apresentar alguns documentos. Tais quais carteira de identidade e comprovantes de residência, de rendimentos, de separação ou divórcio dos pais, ou certidão de óbito, no caso de um deles não constar do grupo familiar do candidato por essas razões, de pagamento de pensão alimentícia, e de ensino médio. Se necessário, serão exigidos, também, comprovantes de deficiência, de união estável e de candidato indígena.

Candidatos que não forem pré-selecionados ou que conquistarem a vaga mas o curso não formar turma poderão manisfestar interesse em fazer parte da lista de espera, ao término das duas chamadas. Ela será utilizada pelas instituições participantes do programa para ocupação das bolsas que sobrarem.

O interesse deve ser declarado no período de 22 a 24 de fevereiro. No fim desse prazo, serão feitas duas convocações. A primeira, em 27 do próximo mês, com prazo para comprovação de documentos e matrícula de 28 do mesmo mês até 2 de março. A segunda, em 9 de março, com prazo de 12 a 15 de março.

Serviço
http://siteprouni.mec.gov.br

Por: Marcella Dos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações