Última prova da Uerj registrou 4.250 faltosos


De acordo com a coordenação do vestibular Estadual 2012, dos 44.496 inscritos para realizar o Exame Discursivo na manhã deste domingo, dia 4, 4.250 não compareceram. O total de ausentes corresponde a 9,55% dos habilitados para a avaliação, que é a última do processo seletivo. Todos, agora, aguardam pelas notas, que devem ser divulgadas no próximo dia 22.

A prova aconteceu em clima de tranquilidade. Mesmo no campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), onde havia mais de quatro mil candidatos fazendo provas, o processo transcorreu sem transtornos.

Entre 8 e 8h30, o trânsito chegou a se intensificar na Rua São Francisco Xavier. Contudo, havia policiamento e sinalização, o que evitou congestionamentos. Os portões estavam previstos para fechar às 9 horas. Porém, como se tratava da fase final do processo seletivo, a coordenação deu uma tolerância de 15 minutos e, assim, não foram registrados atrasos.

A segunda etapa do vestibular estadual foi discursiva. Os candidatos tiveram até cinco horas para fazer três provas: uma de Língua Portuguesa Instrumental com Redação, para todos os cursos, e duas de disciplinas específicas, de acordo com a carreira escolhida. Das duas específicas, uma terá peso 2.

Segundo os vestibulandos, a redação foi sobre o tema "De que forma a juventude pode construir um futuro melhor". O enunciado oficial será liberado junto com o padrão de respostas dos exames discursivos, que será disponibilizado pela Uerj a partir das 16 horas deste domingo, dia 4. Assim que as respostas oficiais forem liberadas, poderão ser consultadas nesta página.

Para Daniela Pajuaba Barbosa, 19 anos, candidata de Medicina, este foi um tema interessante. Ela foi a primeira deixar o local de prova, às 10 horas. "A prova estava difícil. Fiz questões discursivas de Química e Biologia, além de Português e Redação. E a minha maior dificuldade foi na parte de Química. Terminei o colégio no ano passado, cheguei a passar para Publicidade, mas resolvi fazer cursinho e tentar Medicina", explicou a jovem.

Daniela Pajuaba, que obteve conceito B na primeira fase, tem esperanças de ingressar no curso de Medicina, o mais concorrido da instituição, com 58,56 candidatos por vaga. Por outro lado, a estudante demonstra preferência pelo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). "Meu conceito na primeira etapa foi B e tenho esperanças de aprovação. Mas acredito que me sai melhor no Enem. A prova é mais fácil", explicou.

No campus Maracanã foram poucos os atendimentos especiais, informou Maria Inez Mello, pedagoga do Departamento de Seleção Acadêmica da Uerj: apenas dois candidatos com catapora e alguns portadores de necessidades especiais.

Mesmo sem a adesão da Uerj ao Enem, o Vestibular Estadual 2012 bateu recorde de participação, registrando 44.496 inscrições. Ao lado de Medicina, figuram entre as carreiras mais procuradas os cursos de Jornalismo, com 28,46 candidatos por vaga; e Desenho Industrial, com 23,23 candidatos por vaga.

O processo seletivo englobou dois exames de qualificação — aplicados em 12 de junho e 11 de setembro — e a segunda fase. As notas da avaliação discursiva sairão no dia 22 de dezembro. O Estadual oferece 5.316 vagas para a Uerj, 50 para a Academia de Bombeiros Militar Dom Pedro II, 60 para a Academia de Polícia Militar Dom João VI e 220 para o Centro Universitário da Zona Oeste (Uezo).

Por: Tainara Silva - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações