Concursos > Bombeiros-RJ

Última Atualização - 16/07/2012

R$2.526 para motoristas. Prazo aberto!

As inscrições do concurso para soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro (CBMERJ) seguem até 10 de agosto, pela internet, enquanto o atendimento nos postos, iniciado na última segunda-feira, dia 16, poderá ser feito até o próximo dia 26. São oferecidas 100 vagas iniciais, de nível médio, e a contratação se dará pelo regime estatutário, sinônimo de estabilidade. De acordo com o cronograma do concurso, os novos servidores serão empossados no fim de janeiro de 2013, e em fevereiro entra em vigor a nova tabela salarial da corporação. Nela, fica estabelecido que o soldado motorista receberá R$2.526,80, incluindo as gratificações e o auxílio-transporte, após o curso de formação de soldados, e R$1.792,21 durante o curso.

Os valores atuais são de R$2.119,33 após o curso e de R$1.460,19 durante. No entanto, os selecionados receberão conforme a nova tabela de 2013, segundo o diretor-geral de Finanças do CBMERJ, coronel Marcelo Câmara Grangeiro. Além de ter o nível médio completo, para participar do concurso é preciso possuir carteira nacional de habilitação a partir da categoria C. Os aprovados poderão ser convocados ao longo de toda a validade da seleção, que é de dois anos, podendo dobrar.
 
Para efetuar a inscrição, basta acessar ao site da Funcefet durante o prazo estabelecido, ou ir a um dos postos, nos municípios do Rio de Janeiro, Mangaratiba, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Niterói, Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo. É preciso ter atenção aos períodos de inscrição, que são diferentes para quem se inscreve pela internet e pessoalmente. A taxa, cujo valor é de R$100, deve ser paga via boleto, em qualquer agência bancária. Os pedidos de isenção poderão ser feitos somente até esta terça, dia 17, no horário de funcionamento dos postos de inscrição, ou via Sedex. Para solicitá-la, o candidato precisa comprovar insuficiência de recursos, por meio de requerimento padrão, disponível no site e nos postos.

Serviço
Inscrições: www.funcefetconcurso.org.br e postos indicados no anexo I do edital
Isenção da taxa na capital: Rua General Canabarro, 304 – Maracanã – Rio de Janeiro – CEP: 20.271-200
 

Confira todas as etapas seletivas


Os candidatos a soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro (CBMERJ) serão submetidos a uma prova objetiva em 16 de setembro, com duração de quatro horas, em local e horário a serem divulgados nos cartões de confirmação, previstos para o dia 3 do mesmo mês da avaliação. Constando de 40 questões, a prova de múltipla escolha terá dez itens de Língua Portuguesa, dez de Raciocínio Lógico e 20 de Legislação de Trânsito. Para ser aprovado, o candidato precisa obter aproveitamento mínimo de 50% em cada disciplina. As provas serão aplicadas no Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Volta Redonda, Niterói, Cabo Frio, Campos do Goytacazes, Teresópolis, Petrópolis e Friburgo.
 
A próxima etapa contará com os primeiros 400 classificados e será composta por uma avaliação de títulos, devendo os participantes entregar cópia autenticada da carteira nacional de habilitação nos postos de inscrição e atendimento do concurso, ou via Sedex. Já na terceira fase, haverá o teste de aptidão física, que costuma ser a etapa que mais reprova. Na ocasião, provavelmente em 28 de outubro, todos os participantes serão submetidos a corrida de meio fundo, de 2.400m em 13 minutos, corrida de velocidade, de 100m e 17 segundos, abdominal com 30 repetições em um minuto, barra fixa com três repetições sem limite de tempo, natação (50m em 65 segundos) e dinamometria manual, para medir a força da mão.
 
Em seguida, haverá um teste de habilidade específica, consistindo em exame de direção veicular. Depois, os candidatos serão submetidos a exames de saúde e social, bem como ao documental. A previsão é de que a seleção seja homologada em 9 de janeiro de 2013 e, quem for considerado apto, iniciará o curso de formação imediatamente. A previsão de duração é de seis meses.


Para candidatos, taxa é exagerada

O valor da taxa de inscrição (R$100) do concurso para soldado motorista do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro (CBMERJ) gerou revolta em muitos candidatos. Ainda que o diretor-geral de Pessoal da corporação, coronel Gilvan de Castro, tenha explicado o motivo para a taxa ser alta, diversos participantes não aceitaram a justificativa  e continuam indignados. Na última terça-feira, dia 10, o coronel Gilvan disse que o valor da taxa é uma forma de apelo, para que somente quem estiver muito interessado em ser motorista dos Bombeiros participe da seleção.
 
"A profissão de motorista está com uma demanda negativa enorme, faltam muitas pessoas para preencher os postos de trabalho de motorista no mercado. Nós fizemos uma pesquisa, avaliamos empresas de ônibus e caminhões, e eles têm tido grandes dificuldades para contratar", contou. "O que importa para nós é buscarmos quem quer ser bombeiro e quer atuar como condutor de viaturas, e é por isso esse valor, porque queremos ver a força de vontade e o esforço das pessoas que realmente querem entrar para a corporação", declarou o coronel Gilvan.

No entanto, o que muitos candidatos não entendem é o motivo de um concurso de nível médio e com remuneração inicial de R$2.526,80 exigir R$100 de taxa, enquanto outras seleções para funções com a mesma escolaridade proporcionam melhores salários com taxas menores. Um exemplo é o concurso para inspetor penitenciário da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap-RJ), cujo requisito também é o nível médio, e os vencimentos iniciais são de R$3.201,41. A taxa de inscrição para essa seleção foi de R$80. Já no atual concurso para a Receita Federal, que oferece os cargos de analista e auditor fiscal, cujas remunerações iniciais são de R$8.300 e R$13 mil, respectivamente, as taxas são de R$100 e R$130. Ambas as funções são de nível superior.
 
 
A seguir, concurso de combatente

Quem tem o sonho de se tornar um soldado combatente do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) já pode e deve iniciar os estudos para o concurso, previsto para ocorrer entre setembro e outubro, de acordo com o diretor geral de Pessoal da corporação, coronel Gilvan de Castro, que também afirmou que o processo seletivo, em princípio, será idêntico ao anterior, ocorrido em 2008. Na ocasião, os candidatos foram submetidos a prova objetiva e exames físico, de saúde e documental. Na prova objetiva foram cobradas 40 questões, sendo 20 sobre Língua Portuguesa e 20 de Matemática. Para obter aprovação foi preciso acertar um mínimo de 50% em cada uma das disciplinas. Quem se classificou passou para a fase seguinte, o exame de capacitação física.
 
Nessa etapa, os concorrentes foram submetidos a corrida de meio fundo (2.400m), corrida de velocidade (100m), abdominal (30 repetições), barra (três repetições) e natação (50m). Por fim, os aprovados realizaram exames de saúde, social e documental. Todos os classificados passaram, posteriormente, pelo curso de formação, com duração de seis meses e ministrado pela própria corporação. Ao longo desse período, o futuro servidor precisa demonstrar aptidão, ou pode ser eliminado. A previsão inicial é que o concurso seja para 246 vagas, com exigência de nível médio completo e carteira nacional de habilitação na categoria B. A remuneração inicial é a mesma que a dos soldados motoristas, ou seja, R$1.792,21 durante o curso de formação e R$2.526,80 após o curso, incluindo as gratificações e o auxílio-transporte.

Comentários

Para publicar comentários, assine ou faça login.

  • Siga a Folha Dirigida nas redes sociais