Concursos públicos 2015 > Folha Dirigida o maior site de concursos públicos do Brasilconcurso, concursos, concurso publico, concursos publicos, concurso público, concursos públicos, folha, dirigida, folha dirigida, edital, editais, emprego, curriculo, currículo, curriculos, currículos, apostila, apostilas, apostila para concurso, apostilas para concursos, inss, trf, trt, tre, tribunal, analista, tecnico, técnico, policia, polícia, rodoviaria, rodoviária, policia federal, polícia federal, polícia civil, policia civil, mpu, banco central, bacen, provas, vagas, inscricoes abertas, inscrições abertas, videoaula, vídeos, video concurso, curso online, Receita, PRF, Polícia Rodoviária, Policia Rodoviaria


Menu
Agora o menu acompanha a sua navegação, clique aqui!
Defesa Social-MG


Concursos >

Defesa Social-MG

Última Atualização - 26/09/2012

Violência pode ser cobrada na Redação

Quem deseja participar do concurso para agente penitenciário da Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais (Seds-MG) deve começar os estudos o quanto antes. E uma das provas que mais exigem dos candidatos é a de Redação. Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, a professora Rosane Faria, do curso Mega Concursos, em Belo Horizonte, destacou que este é um exame considerado complicado pela maioria dos candidatos, devido ao conteúdo, quantidade de linhas que são exigidos e temas sobre os quais os participantes não estão acostumados a praticar.

"As provas de redação exigem a produção de textos dissertativos, sobre temas atuais e polêmicos, entre 20 e 30 linhas corridas, redigidas em prosa e empregando a língua culta padrão. É importante alinhar corretamente o texto, não deixando um espaçamento excessivo entre as palavras. A letra deve ser legível e observada a estrutura da frase, assim como a relação entre as ideias", ressalta.
 
Segundo a especialista, a redação exigido no exame pode ter como temas assuntos ligados ao cargo de agente penitenciário e à instituição. "Violência, corrupção, ressocialização do detento e atuação das milícias são assuntos que podem ser cobrados. É muito importante ler as questões legais e regimentos auxiliam na construção da argumentação, aumentando o vocabulário e possibilitando uma discussão mais aprofundada dos temas", saliente  Rosane Faria.

Ainda segundo ela, a paciência é um fator essencial na hora de interpretar e elaborar textos. "O principal é não deixar que o nervosismo e a ansiedade prejudiquem o seu desempenho na hora de demonstrar os conhecimentos adquiridos previamente", afirma.

Comentários

Para publicar comentários, assine ou faça login através do topo do site.

  • Siga a Folha Dirigida nas redes sociais