concurso, concursos, concurso publico, concursos publicos, concurso público, concursos públicos, folha, dirigida, folha dirigida, edital, editais, emprego, curriculo, currículo, curriculos, currículos, apostila, apostilas, apostila para concurso, apostilas para concursos, inss, trf, trt, tre, tribunal, analista, tecnico, técnico, policia, polícia, rodoviaria, rodoviária, policia federal, polícia federal, polícia civil, policia civil, mpu, banco central, bacen, provas, vagas, inscricoes abertas, inscrições abertas, videoaula, vídeos, video concurso, curso online, Receita, PRF, Polícia Rodoviária, Policia Rodoviaria

Concursos > EBSERH

Última Atualização - 31/10/2012

Edital sofre retificação

O edital do concurso da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) sofreu algumas alterações. Ao todo são 253 vagas (nove reservadas a deficientes) em 30 áreas dos níveis médio e superior, todas para atuação em Brasília, na sede da empresa. Os salários variam de R$1.841 a R$10.825, para carga de 40 horas semanais, em regime celetista.

Do total de vagas, 64 são para o nível médio, das quais 63 no cargo de assistente administrativo, com exigência apenas do ensino médio e salário de R$1.841. A outra função do 2° grau é técnico em segurança do trabalho, que exige curso técnico específico e tem ganhos mensais de R$2.717.

Já no nível superior, há oportunidades para quem possui formação em Administração, Arquitetura, Contabilidade, Direito, Economia, Enfermagem, Engenharia, Farmácia, Informática, Jornalismo, Medicina, Pedagogia, Psicologia, Relações Públicas ou Serviço Social. O cargo de analista administrativo (qualquer curso) teve corte de dez vagas, passando a 53. Porém, foram criadas outras dez para a função de analista administrativo (gestão em Saúde), com salário de R$4.732.

Para o cargo de analista administrativo (gestão em Saúde) serão convocados para a análise de títulos os 40 melhores classificados na prova objetiva. Em virtude das modificações, o candidato que não tiver mais interesse em participar do certame e que já tenha efetuado o pagamento da taxa de inscrição, poderá solicitar a devolução do valor pago até o dia 1º de novembro através do e-mail cac@iades.com.br.

Os critérios de aprovação na avaliação objetiva também sofreram modificações. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem o mínimo de 50% da pontuação máxima permitida para cada um dos conhecimentos avaliados na prova, ou seja, 15 pontos para Conhecimentos Básicos e 30 para Conhecimentos Específicos. Na discursiva, o mínimo é cinco pontos, também metade do total.

Outra retificação publicada pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), organizador, esclarece que o candidato que não for convocado para a análise de títulos e de experiência profissional ou correção de prova discursiva estará automaticamente eliminado e não terá classificação alguma no concurso.

Inscrições até 15 de novembro

As inscrições seguem até as 22h (horário de Brasília) do próximo dia 15 e podem ser efetuadas no site do organizador, o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades). As taxas, de R$38 (nível médio) e R$55 (superior), podem ser pagas até o dia 1º de dezembro. Os integrantes do CadÚnico (cadastro de programas sociais federais) podem solicitar isenção da taxa enviando a documentação necessária até o dia 16 do mesmo mês. O concurso terá validade por dois anos, que pode ser dobrada.

Provas estão previstas para 20 de janeiro


Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, além de discursiva para o nível médio e avaliação de títulos e de experiência profissional para os graduados, que devem entregar os documentos durante o prazo de inscrições, na Central de Atendimento ao Candidato da organizadora ou via Sedex, para o endereço: SCS Quadra 8, Bloco B-60, 4° andar, Shopping Venâncio 2.000, Asa Sul, Brasília/DF.

As provas estão previstas para 20 de janeiro, à tarde, somente no Distrito Federal. Os locais e o horário das avaliações serão divulgados no dia 21 de dezembro. O exame objetivo contará com 50 questões, sendo 20 de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático, Legislação Aplicada à EBSERH e Atualidades) e 30 de Específicos (Legislação do SUS e questões específicas da área). A prova discursiva, na mesma data, consistirá em redação de 20 a 40 linhas. O resultado final está previsto para 28 de fevereiro.
 

Comentários

Para publicar comentários, assine ou faça login.

  • Siga a Folha Dirigida nas redes sociais