Concursos > MTE

Última Atualização - 13/02/2014

Locais de prova e concorrência em março

Deverão ser divulgados no dia 23 de março o número de inscritos e horário e locais de prova do concurso para a área administrativa do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A consulta ao carão de inscrição poderá ser feita pelo site do Cespe/UnB. As avaliações, marcada para o dia 30 do mesmo mês, acontecerá no turno da manhã, para os contadores, e à tarde, para os agentes administrativo. Os exames terão duração de quatro horas e meia. Até o dia das provas, os candidatos devem procurar dedicar o maior tempo possível aos estudos. O professor Vinicius Motta, que leciona Noções de Administração de Recursos Materiais na Academia do Concurso, avaliou o conteúdo programático da disciplina. Segundo ele, não houve surpresas em relação ao que o Cespe/UnB costuma cobrar. “O programa está dentro do tradicional, do que a Cespe/UnB costuma pedir. Normalmente, os programas de Administração de Recursos Materiais são os mesmos. Às vezes, há um tópicos mais ou um a menos, mas o conteúdo está dentro do previsto”, opinou.

Noções de Administração de Recursos Materiais é uma das disciplinas que compõem a parte de Conhecimento Básicos para o cargo de agente administrativo - ela não consta no programa para os contadores. Motta recomenda que os candidatos busquem conhecer a banca e resolver questões. “Para qualquer concurso é fundamental que o candidato foque a banca, no caso, o Cespe/UnB. É interessante que ele priorize questões recentes, como as do concurso do Banco Central ou da ANS (Agência Nacional de Saúde), por exemplo. Ele pode até fazer questões de outras organizadoras, mas as ideais são as do Cespe”, frisou.  O professor chamou atenção para um assunto específico. “Gestão Patrimonial é um tópico que não era muito explorado, mas nos últimos concursos tem sido bastante abordado. Há decretos do governo federal e instruções normativas sobre o assunto”, informou.

Para finalizar, ele falou sobre alguns “macetes” que podem ajudar na hora da prova. “Normalmente, as questões genéricas estão certas e questões que apresentam palavras como ‘exatamente’, ‘necessariamente’ e ‘apenas’ estão erradas. Mas isso é uma possibilidade, não é uma garantia”, disse.  Em cada questão, o candidato poderá avaliar a afirmativa apresentada pelos comandos certo (C), errado (E) ou deixá-la em branco. Quando a resposta coincidir com o gabarito, ele ganha um ponto. Quando isso não acontecer, ele será penalizado com a perda de um dos pontos. A prova objetiva terá 120 questões e serão aprovados os candidatos que obtiverem, pelo menos, dez pontos em Conhecimentos Específicos, 21 em Conhecimentos Específicos e 36 no conjunto da avaliação. Na redação, será preciso obter, no mínimo, dez pontos. A seleção destina-se ao preenchimento de 450 vagas, sendo 415 para agente administrativo (41 no Rio de Janeiro) e 35 para contador, todas em Brasília. O prazo de validade é de dois anos, prorrogável por igual período.

Serviço
Cartão de confirmação: www.cespe.unb.br/concursos/mte_14_nm_ns

Comentários

Para publicar comentários, assine ou faça login.

  • Siga a Folha Dirigida nas redes sociais