Concursos
Receita Federal

  • Imprimir:
Última Atualização - 22/09/2012

Notícia sobre este concurso

Provas aplicadas em clima ameno no Rio

Por - Jéssica Pires - jessica.pires@folhadirigida.com.br

Neste sábado, dia 22, foram realizadas as provas objetivas do concurso da Receita Federal para o cargo de auditor fiscal. A FOLHA DIRIGIDA acompanhou a movimentação em frente a um dos locais de prova, a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), na Praia Vermelha, onde estavam alocados 700 inscritos. Com o clima agradável e sem ameaças de chuva, os candidatos revisavam as últimas matérias sentados no chão ou tentavam despistar o nervosismo conversando com os amigos. Os portões foram fechados exatamente às 13h e as avaliações prosseguiram durante cinco horas.

A administradora Tatiane Pires, de 32 anos, confessou que não conseguiu estudar muito e que para concursos, como o da Receita Federal, precisa-se de um esforço grande por alguns anos. "Eu sou formada em Administração e tinha dificuldade em arranjar emprego, então, optei por estudar para concurso público. Meu foco é para área fiscal e por isso estou aqui. Eu estudei, mas para se sair bem num concurso desse porte, a média de estudo é de três a quatro anos. Apesar disso, eu estou confiante no meu desempenho."

Já Marcus Vinícius Filho, administrador de 29 anos, está estudando desde 2009 e visa à estabilidade do concurso como principal causa para a realização."Eu estudo já faz 3 anos e minha expectativa é boa, espero fazer uma boa prova. Acredito que a avaliação será difícil, mas estou confiante. Minha rotina de estudo foi de cinco à seis horas por dia e, nesse último mês, aumentei para 10 horas diárias", disse. Porém, nem todos tiveram a sorte de entrar antes que os portões fechassem. O candidato Reinaldo Carlos, formado em Administração e Direito, com 40 anos, chegou atrasado ao local da prova. Inconformado por perder o teste, o estudante que reside em Austin e estuda já há um ano e meio para o concurso, relatou que trabalhou no dia anterior e acabou perdendo o horário por morar longe.

Após duas horas do ínicio da prova, alguns candidatos começaram a cruzar os portões de saída. O contador Luidg Quitete, de 35 anos, confessou que fez a avaliação como forma de teste para conhecimento próprio. Sua expectativa era conhecer a prova para depois prestar o concurso como candidato."Na verdade eu fiz a prova para iniciar meus estudos. Entendo que é preciso ter uma preparação de dois a três anos de estudo e eu queria ver como era a prova para poder iniciar meus estudos efetivamente. Ela foi difícil e a parte lógica foi bastante pesada", afirmou o candidato, que pretende realizar a segunda etapa do concurso.

Neste domingo, 23, os candidatos ao cargo de auditor fiscal farão as provas de Conhecimentos Gerais I (fechamento dos portões às 9h e duração de três horas) e II (14h; cinco horas). No mesmo dia, também serão realizadas os testes para o cargo de analista tributário, com 93.692 inscritos. A prova de Conhecimentos Gerais será realizada pela manhã (fechamento dos portões às 8h30) e a de Conhecimentos Específicos, à tarde (fechamento às 15h). As avaliações terão duração de quatro horas e meia e de quatro horas, respectivamente. No dia 24 de setembro, segunda-feira, já estarão disponíveis no site da organizadora, a Esaf, e também no site da FOLHA DIRIGIDA, os gabaritos parciais da prova objetiva. Serão considerados aprovados aqueles que obtiverem pelo menos 40% dos pontos de cada disciplina e, no mínimo, 60% da pontuação total.

Serviço
www.esaf.fazenda.gov.br  

Comentários

Para publicar comentários, assine ou faça login.

  • Siga a Folha Dirigida nas redes sociais