Notícia principal

Correios: sindicato aponta que demissões agravarão sobrecarga


 
O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos do Rio de Janeiro (Sintect-RJ) criticou o anúncio de abertura de um Plano de Demissão Voluntária (PDV) pelos Correios, que espera-se possa reduzir o quadro da empresa em cerca de 8 mil trabalhadores. Para o presidente da entidade, Ronaldo Martins, o plano irá agravar a sobrecarga de trabalho já existente, aumentando a necessidade de concurso. “O dia a dia da categoria já é difícil. A sobrecarga de trabalho ocorre em todas as regiões. Com esse plano, o funcionário vai trabalhar por dois ou três. A situação que era ruim, se tornará péssima, porque estamos há cinco anos sem concurso público e existe um deficit grande de funcionários”, afirmou Martins.
 

Funcionários dos Correios no Rio de Janeiro cobram a contratação de mais trabalhadores (Foto:Sintect-RJ)

 
Contando atualmente com pouco mais de 117 mil funcionários, os Correios têm uma carência de cerca de 20 mil trabalhadores, conforme reconheceu a própria empresa, segundo a federação nacional da categoria (Fentect). No Rio, a defasagem reconhecida pelo vice-presidente de Gestão de Pessoas dos Correios, Heli Azevedo, é de 450 funcionários, de acordo com Ronaldo Martins. Leia na segunda parte dessa matéria: Possível retomada do concurso após demissões
 
O estado tem ainda o agravante de que em algumas localidades não há mais aprovados em concurso para carteiro aguardando convocação, como é o caso da capital fluminense, o que reforça a urgência de um novo concurso. Além de prejudicar a qualidade dos serviços prestados à população - que sofre com o atraso na entrega de contas a pagar e encomendas -, segundo o diretor do Sintect-RJ Ronaldo Leite, a redução do quadro prejudica o papel social da empresa, uma vez que inviabiliza as entregas nas regiões periféricas da cidade.
 

Há um ano, edital estava prestes a ser divulgado. Assista!



CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


 

População do Rio reclama da falta de pessoal nos Correios  

 
Por: Anderson Borges - anderson.borges@folhadirigida.com.br

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações