Notícia principal

Polícia Civil do Pará: saíram locais e horários das provas


A coordenação divulgou os horários e locais de prova do concurso público para a Polícia Civil do Estado do Pará. As avaliações para os cargos de investigador, escrivão e papiloscopista serão aplicadas no dia 11 de setembro e terão duração de 5 horas, com inicio às 8h30 e término às 13h30. Os acessos serão abertos a partir de 07h10 e fechados às 08h10. A primeira etapa para delegado está marcada para dia 25 de setembro.

As provas para investigador, escrivão e papiloscopista serão aplicadas nos municípios de Belém, Altamira, Marabá e Santarém. Os candidatos precisarão consultar o Comunicado Oficial de Convocação para Prova (COCP), no site da Funcab, organizadora do concurso, para saber o endereço da avaliação com questões objetivas. A coordenação recomenda que os candidatos cheguem com uma hora de atecedência da abertura dos portões.

A coordenação também divulgou o número de inscritos para os três cargos do concurso para os quais serão aplicadas provas no dia 11 de setembro. São, ao todo, 27.664 e, desse total, 342 são pessoas com deficiência. A distribuição pelos cargos é a seguinte: 18.205 para investigador, 7.709 para escrivão e 1.750 para papiloscopista.

A partir dos dados divulgados, é possível o inscrito ter uma estimativa sobre o nível de disputa pelas vagas. A maior relação candidato/vaga é para o cargo de papiliscopista, com 87,5. O concurso também registrou 60 participantes por vaga para investigador e 42 por vaga para escrivão.
 
Prova do concurso da Polícia Civil do Pará terá 80 questões
 
Não será permitido o porte de arma de fogo durante a realização da prova. Caso o candidato leve, o armamento deverá ser entregue à coordenação do local, sem a munição. Também não será permitido o uso de aparelhos eletrônicos como telefone celular, controle de alarme do carro, notebook, entre outros. O candidato só poderá usar caneta preta ou azul de material transparente.

No dia 11 de setembo, os candidatos resolverão 80 questões. Para os cargos de investigador e escrivão, elas estão distribuídas pelas seguintes matérias: Língua Portuguesa (10), Noções de Informática (5), Raciocínio Lógico (5), Noções de Direito Administrativo (10), Noções de Direito Constitucional (10), Noções de Direito Penal (10), Noções de Direito Processual Penal (10), Legislação Especial (10), Noções de Medicina Legal (10).

Para o cargo de papiloscopista, também serão cobradas 80 questões. Elas estão distribuídas da seguinte forma pelas disciplinas: Língua Portuguesa (10), Noções de Informática (5), Raciocínio Lógico (5), Noções de Direito Administrativo (10), Noções de Direito Constitucional (10), Noções de Direito Penal (10), Noções de Identificação (10), Noções Básicas de Química (10) e Noções de Medicina Legal (10).

O gabarito preliminar será divulgado no dia 12 de setembro, com recursos a serem interpostos entre 13 e 14 do mesmo mês. Após o julgamento, sairá o gabarito definitivo, em 14 de outubro, data em que também será liberado o resultado preliminar da prova objetiva. Os recursos contra esse resultado poderão ser apresentados nos dias 17 e 18 do mesmo mês.

O teste de capacitação física será aplicado no período de 3 a 8 de novembro. O exame médico acontecerá de 2 a 6 de janeiro de 2017, seguido do psicológico, marcado para os dias 11 e 12 de março. A documentação para a investigação criminal e social deverá ser entregue entre 5 e 9 de maio.

Confira logo abaixo os links com as dicas para as provas da Polícia Civil do Pará, com orientações para todas as disciplinas, a cargo dos professores do curso Estratégia!
 
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações