Notícia principal

Validade do concurso anterior encerrada; novo concurso está em pauta


Com a validade do concurso passado encerrada, a Secretaria da Fazenda já pode iniciar os trabalhos para seu novo concurso de Técnico da Fazenda Estadual. No entanto, o órgão ainda não recebeu nenhum sinal para dar continuidade ao concurso. A seleção passada encerrou sua validade na última segunda-feira, dia 13. O órgão já enviou à Secretaria de Planejamento e Gestão um pedido de concurso para o preenchimento de 630 vagas e aguarda por autorização governamental para dar seguimento ao processo de elaboração do concurso. De acordo com o departamento de recursos humanos do órgão a expectativa é de que o edital seja publicado no segundo semestre deste ano.
 
Para concorrer ao cargo o candidato deve ter nível médio completo (antigo 2º grau). O salário é de R$1.863,15, podendo chegar a R$2.798,30, caso o servidor alcance 100% do prêmio de incentivo a qualidade. O técnico estadual da fazenda tem como função os encargos relacionados ao apoio técnico especializado, nas atividades de gestão tributária, administrativa e financeira da fazenda estadual, e atendimento ao público. Além de dar suporte aos cargos de chefia a aos agentes fiscais de renda o servidor também atua no atendimento ao público, no âmbito da secretaria.
 
De acordo com o presidente do Sindicato dos Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo (Sitesp), Joaquim Goma, uma das principais causas da carência do técnico, além da falta de concurso, é que boa parte dos novos servidores não conseguiram se manter no quadro. “Isso foi em razão do concurso anterior não ter sido regionalizado e devido a baixa remuneração do cargo em relação à outros órgãos da administração, por exemplo: Detran SP; Tribunal de Justiça SP”, explica. A área em que o técnico possui a maior carência é a de Coordenadoria de Administração Tributária (CAT) onde a presença do técnico da fazenda estadual é fundamental para o apoio e a complementação dos trabalhos fiscais, que são executados pelos agentes fiscais de rendas.
 
O último concurso contou com 46.716 candidatos para 550 vagas. Os interessados na prova anterior devem conferir os gabaritos comentados por especialistas, assim como dicas de professores para auxílio do candidato que a FOLHA DIRIGIDA está publicando. A seleção passada foi constituída de provas objetivas com 80 questões de múltipla escolha, sendo dividida entre Conhecimentos Gerais (40) e Conhecimentos Específicos (40). A etapa de Conhecimentos Específicos foi a que possuiu o seu peso dobrado na nota de corte, sendo necessários 60% de pontos ponderados na prova para a aprovação da etapa de provas objetivas. Os exames foram realizados nas cidades de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José Do Rio Preto, Santos, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.
 
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações