Notícia principal

Concurso para o TRE-PR cada vez mais próximo. Níveis médio e superior


Com a aprovação do orçamento da União para 2017, cresce a expectativa pelo concurso em pauta para o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Serão oferecidas vagas imediatas e cadastro para os cargos de técnico e analista judiciários, que exigem escolaridade dos níveis médio e superior, respectivamente. Para técnico, a remuneração inicial é R$7.051,99 mensais, composta por R$2.965,38 de salário base e R$3.202,61 de Gratificação Judiciária (GAJ) e R$884 de auxílio-alimentação. Já os analistas ganham hoje R$11.003,92, sendo R$4.865,35 de vencimento-básico e R$5.254,57 de GAJ e auxílio-alimentação de R$884.
 
Na proposta de orçamento, o tribunal solicita recursos para nova seleção. A validade do concurso anterior expirou em outubro de 2016, já com a prorrogação. De acordo com a secretária de Gestão de Pessoas do TRE-PR, Ana Maria Marchal, o cadastro do concurso anterior foi 'aproveitado em sua plenitude', o que torna necessária a abertura de uma nova seleção. 
 

O último concurso do TRE do Paraná ocorreu em 2011  

 
No último concurso, que reuniu 44.387 inscritos em 2011, as oportunidades foram para os níveis médio, médio/técnico e superior. Os cargos eram de analista judiciário nas áreas judiciária, administrativa, de contabilidade, apoio especializado em biblioteconomia e apoio especializado em odontologia, e técnico judiciário para as funções administrativas e de enfermagem. 
 
A empresa organizadora foi a Fundação Carlos Chagas e os candidatos aprovados foram contratados pelo regime estatutário. O concurso teve validade de dois anos e foi prorrogado por mais dois.
 
 
 
Veja o que caiu nas provas para técnico e analista em 2011
Para o técnico na área Administrativa, as disciplinas de Conhecimentos Básicos foram Português, Noções de Informática, Noções de Arquivologia. As específicas da área foram de Noções de Direito Constitucional, Poder Judiciário, Noções de Direito Eleitoral, Noções de Direito Administrativo, Noções das Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.
 
Já o analista, na parte de Conhecimentos Básicos, teve questões de Português e Noções de Informática. Para a área judiciária, a parte específica teve Direito Constitucional, Administração Pública, Direito Eleitoral, Lei das Inelegibilidades, Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná. 
 
Para a área administrativa, as questões foram Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Administrativo, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais, Administração Pública, Administração Financeira e Orçamentária, Processo de Planejamento-Orçamento, Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, Noções de Direito Civil, Noções de Direito Processual Civil, Noções de Direito Penal e Noções de Direito Processual Penal.

 

Saiba mais sobre o concurso anterior

 

Leia também:

TRE-RJ confira sete motivos que fazem deste um concurso imperdível

TRE-CE programado novo concurso para técnicos e anatlistas judiciários

TST deve ter três especialidades de técnico em seu concurso

TSE tem perspectiva de vagas para 2° e 3° graus


Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações