Folha Dirigida Entrar Assine

Enem 2016: maioria busca conteúdo para estudar na internet


A internet é hoje a principal fonte de busca por conteúdos de quem estuda para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016), segundo a pesquisa inédita sobre o perfil dos candidatos, feita pelo Laboratório de Pesquisas da UniCarioca, a pedido da FOLHA DIRIGIDA. Dos entrevistados, 34% disseram que utilizam mais conteúdos online em sua preparação. Considerando-se que, dos que responderam, 24% afirmaram que não estavam se preparando, o índice dos que usam a rede para se preparar é, na prática, de aproximadamente 50%.
 
A internet superou de longe as formas mais tradicionais de preparação. Segundo a pesquisa, 26% afirmaram usar apostilas e só 13% adotam livros didáticos. Isto também se reflete na forma como os candidatos buscam se informar sobre o Enem. Os sites dos órgãos do governo que estão à frente da prova (do MEC e do Inep) são as fontes mais procuradas por 38% dos alunos. Em segundo lugar, vêm os grupos de estudos do Facebook: 21%.

Veja também
Enem 2016: 40% só estudam em cima da hora
 
Apesar de os jovens acessarem mais a internet por celular e tablet, principalmente em função das redes sociais, essa é a forma menos usada para estudarem: Só 8% buscam conteúdos de estudo para o Enem por internet móvel, ou seja, com tecnologia 3G ou 4G. O acesso de casa, via wifi, é a forma adotada por 74%. Ao procurarem material de estudo, os jovens valorizam a objetividade.
 
Videoaulas curtas de conteúdo teórico, de até 20 minutos, despertam mais interesse que aquelas com duração maior: 67% contra 55%. Mas, quando os vídeos são de resolução de exercícios e questões do Enem, 64% dizem gostar desse tipo de material. Os dois tipos de conteúdo menos que atraem os candidatos na internet são as listas de exercícios resolvidos (57%) e as aulas teóricas em texto (43%), de acordo com a pesquisa inédita sobre como estudam os inscritos para o Enem 2016, feita pela UniCarioca

Por: Diego Da - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações