Entrar Assine

Falsos cognatos: as 'pegadinhas' das provas de idiomas no Enem


Estamos a menos de um mês do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016), causando muita expectativa nos vestibulandos de todo o país. Esse ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro e, segundo o Ministério da Educação (MEC), mais de 8 milhões de pessoas realizaram inscrição. A prova de língua estrangeira é a única que o candidato pode escolher em que idioma fará a prova. São duas opções: Inglês e Espanhol.
 
A coordenadora de inovação pedagógica da Seven Idiomas, Michelle Perego, disse que as provas de inglês dos vestibulares tendem mais a focar na confecção de texto. "O candidato não deve se preocupar em traduzir cada palavra da questão. O importante é entender a ideia geral do texto", ressalta.
 
Michelle diz que alguns vestibulares focam mais em detalhes de gramática e vocabulário. Os falsos cognatos, por exemplo, são palavras de grafias semelhantes, mas de origens distintas. "Em inglês você fala 'pretend', quando você lê a palavra escrita parece 'pretender', só que não é. 'Pretend' é 'fingir', traduzido para o português", argumenta.
 
Para encerrar, Michelle diz que o idioma é uma mistura de palavras e as vezes, se traduzirmos palavra por palavra, a frase não fará muito sentido. "'A piece of cake', que dizer 'uma coisa muito fácil', mas se você for traduzir literalmente, significa 'um pedaço de bolo'", concluiu.  
 
 

Por: Bruna Maria - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações