Folha Dirigida Entrar Assine

Marinha: vagas para administradores, contadores e economistas


A Marinha divulgou o edital do concurso de admissão ao quadro complementar de oficiais intendentes. São oferecidas, ao todo, 48 vagas, distribuídas pelas seguintes áreas: Administração (48), Ciências Contábeis (03) e Ciências Econômicas (01). Homens e mulheres podem participar da disputa que possibilita, aos classificados, ingresso no posto de guarda-marinha, durante o curso de formação. Nesta função, o soldo é de R$5.622 mensais.

As inscrições começam nesta quarta-feira, dia 20, e podem ser feitas pela internet, na página da Marinha ou em postos credenciados. No Rio, o único local é a Diretoria de Ensino da Marinha (Densm), que funciona na capital. O prazo termina em 22 de junho e a taxa de inscrição, que é de R$55, deve ser paga até o dia 25 seguinte.

Para o concurso, é válida a política de cotas para candidatos que se autodeclararem negros e pardos, na forma da Lei nº 12.990/2014. São, ao, todo, 10 vagas para a medida afirmativa, sendo nove para administradores e uma para economistas.

Ao longo do prazo de inscrições, será possível pedir isenção do valor taxa. Poderão solicitar o benefício candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que forem membros de família de baixa renda. Será preciso fazer a inscrição normalmente no site ou no posto de atendimento e aguardar o resultado da avaliação dos pedidos. Se a solicitação for negada, será necessário pagar a taxa para que a participação no concurso seja permitida.

Para participar, é necessário ser brasileiro nato; ter menos de 29 anos de idade no dia 1º de janeiro de 2016; ter concluído o curso superior relativo à profissão a que concorre e também estar registrado no órgão fiscalizador da profissão, quando existir, até 7 de março, data prevista para a verificação de documentos, entre outros requisitos. A relação completa de exigências pode ser consultada no edital, disponível na FOLHA DIRIGIDA Online.

Pela primeira etapa do concurso de admissão, os candidatos farão prova escrita objetiva de conhecimentos profissionais e redação. A data será divulgada a partir do dia 7 de julho. Os classificados nesta etapa terão pela frente inspeção de saúde, teste de aptidão física (TAF) e verificação de dados biográficos .

Os classificados em todo o processo seletivo ingressam no curso de formação de Oficiais, que será realizado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (Ciaw), no Rio de Janeiro. A primeira parte é um constituída de um período de adaptação de, aproximadamente, três semanas e uma etapa básica compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. Nesta parte, o candidato ingressará na graduação de Guarda-Marinha e, além da remuneração desse posto, terá direito a alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Outra parte do curso de formação de oficiais é o Estágio de Aplicação (EA), com duração de até oito semanas, que tem por finalidade a adaptação às características do serviço naval inerentes à profissão, à complementação de sua formação militar-naval e à avaliação complementar para o desempenho de funções técnicas e administrativas. O curso contará ainda com outras atividades, totalizando, aproximadamente, 39 semanas.

Serviço
www.ingressonamarinha.mar.mil.br
www.ensino.mar.mil.br
Diretoria de Ensino da Marinha: Rua Visconde de Itaboraí, nº 69 - Centro - Rio de Janeiro/RJ

Por: Larica Santos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações