Folha Dirigida Entrar Assine

Cecierj: profissionais suspendem greve da categoria por 45 dias


Após assembleia, os servidores da Fundação Centro de Ciência e Educação Superior (Cecierj) decidiram suspender, por 45 dias, a greve da categoria, que durava dois meses. A decisão foi tomada após audiência de conciliação realizada no dia 11 de maio, no Tribunal de Justiça, com representantes do governo do estado; o presidente da Fundação, Carlos Eduardo Bielschowsky; e a comissão de negociação da greve. A próxima audiência está agendada para 30 de junho.

De acordo com os integrantes da comissão, a suspensão deve-se à "boa vontade dos servidores em negociar com o governo e da aposta de que os acordos firmados serão cumpridos no prazo de 45 dias." Entre os benefícios acordados, estão a implantação de alimentação e transporte, transferência imediata dos servidores alocados no Banerjão, no Centro, e na sede da Mangueira e a implementação do plano de progressão e promoção.

Caso os pontos acordados não sejam cumpridos, os servidores decidirão se retomam a paralisação. Os funcionários da Fundação Cecierj conseguiram uma liminar que os protege contra o corte de ponto para os salários referentes ao mês de maio e junho. A decisão do corte foi estabelecida pelo governo do Estado.

Segundo liminar expedida pelo TJ, a deliberação ocorreu em função da "natureza alimentar do salário dos servidores", do fato dos funcionários terem suspendido a greve e do ajuste firmado pelas partes em audiências de conciliação. De acordo com informações do presidente da Associação de Funcionários da Fundação Cecierj (Acecierj), Vittorio Lo Bianco, cerca de 80% dos trabalhadores que estavam em greve, tiveram descontos no salário.

Por: Larica Santos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações