Folha Dirigida Entrar Assine

Colégio Aplicação prepara lista de autores


A expectativa dos coordenadores do Projeto Redação 2016 no Colégio Aplicação, unidade Vila Militar, é de que os nomes dos vencedores deste ano sejam divulgados até o final deste mês ou no início de setembro. Os selecionados terão seus textos publicados no livro da escola para o projeto, que é uma iniciativa da FOLHA DIRIGIDA, em parceria com escolas e redes de ensino, e que conta com o apoio institucional da Fundação Biblioteca Nacional. O objetivo do concurso de textos tem como objetivo incentivar o gosto pela leitura e pela escrita nos estudantes.

Veja também
Colégio Aplicação: objetivo do projeto também foi estimular a criatividade

Estudantes do Colégio Aplicação vivem expectativa com Projeto Redação 2016


Com os textos do Projeto Redação 2016 já elaborados pelos alunos, os professores do Colégio Aplicação, unidade Vila Militar, acreditam que a edição deste ano despertou nos participantes um olhar crítico sobre a realidade atual. Até porque um dos principais objetivos da escola na edição deste ano, ao escolher o tema "Crescer em Conhecimentos e Vivenciar Humanismo e Solidariedade", é fazer com que os alunos apresentem soluções para possíveis transformações sociais.

Para inteirar os alunos, que fizeram poemas e prosas poéticas sobre o tema, a professora de Língua Portuguesa e coordenadora do Projeto na unidade, Helena Brandão, disse que foram utilizados filmes e outros textos relacionados ao assunto para fomentar o debate nas salas de aula.  A partir disso, os alunos foram incentivados a buscar diferentes olhares sobre o tema. "Traçamos vários subtemas dentro do mesmo horizonte e procuramos desenvolver nos estudantes ideias para transformar o mundo em um lugar melhor."

A missão é conscientizar os estudantes

Helena Brandão ressalta a importância de tratar este tipo de tema e diz que um dos objetivos da escola com o projeto é conscientizar os alunos a exercerem a solidariedade e refletirem sobre o que estão fazendo para mudar o mundo. "Estamos atravessando no país um momento muito complicado, com muitas turbulências. É importante que cada um tenha a consciência do que você pode fazer para melhorar o lugar onde você vive. Não podemos responsabilizar sempre o outro. Temos que saber qual é a nossa parte nisso e a intenção fazer com que o aluno pense a respeito do papel dele na sociedade."

Agora a expectativa é pelo resultado dos textos criados. Helena Brandão ressalta que um dos aspectos do processo de avaliação das redações será o diferencial que cada autor procurou dar à sua produção. "Vamos buscar a fidelidade ao tema e também o sentimento. Porque, na verdade, o grande objetivo do nosso projeto é fazer com que o aluno se revele como um ser pensante, evidencie como está o seu envolvimento com a sociedade e, acima de tudo, mostre sentimento."

Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações