Folha Dirigida Entrar Assine

Direção da SBPC critica corte de gastos na educação e na ciência


A direção da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) divulgou uma carta aberta à presidente Dilma Rousseff, na qual pede o fim dos cortes no orçamento da educação. Segundo o comunicado, aprovado por unanimidade na assembleia geral realizada no último dia 16, é inaceitavel a redução das verbas para áreas estratégicas como a educação e a ciência.

Mesmo com a garantia dada pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, de que 90% dos recursos para a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) serão mantidos, o contingenciamento de 10% ainda preocupa os pesquisadores. A estimativa é que o corte de 10% terá impacto direto no custeio em mais de cinco mil programas de pós-graduação espalhados por todo o país,  além  de  zerar  o orçamento para capital.

"Esta situação inviabiliza o funcionamento rotineiro dos cursos de pós-graduação do país, com evidente prejuízo ao desenvolvimento científico. Serão afetadas ações como mobilidade para participação em bancas de avaliação, eventos científicos, coletas de campo, aquisição de insumos para os laboratórios, manutenção de equipamentos, entre outras", informa um dos trechos da carta aberta à presidente Dilma.
Veja, na parte de anexos, a íntegra da carta:

Por: Larica Santos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações