Folha Dirigida Entrar Assine

Docentes da UFRJ aprovam o fim da paralisação


Na última sexta-feira, 21, os professores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), decidiram pôr fim a greve iniciada no fim de maio. Em Assembleia realizada no campus da Praia Vermelha, 255 docentes votaram contra a continuidade da paralisação, 218 a favor, e duas abstenções. Com o término, a direção do Colégio de Aplicação (CAp-UFRJ) confirmou o reinício das atividades escolares, a partir desta terça-feira, 25. Na maior universidade do país, ainda não há previsão de volta às aulas.

No início da plenária, Wilson Pessanha, diretor da Associação de Pais, Alunos e Amigos do Colégio de Aplicação (Apacap), leu uma nota esclarecendo o posicionamento do grupo ao longo das discussões. Durante a semana passada, docentes de unidades da UFRJ divulgaram uma carta à direção da associação, apoiando a expcecionalidade do CAp e o fim da paralisação de forma antecipada, posição defendida abertamente pelos pais. Os professores, entretanto, publicaram uma nota de repúdio e decidiram continuar a dar aulas apenas aos estudantes do 3º ano do ensino médio, por não poderem repor as aulas, já que não estarão na escola no ano que vem.

Segundo a professora da instituição, Cristina Miranda, quando a categoria apoia a "diferença" do CAp-UFRJ ignoram que a unidade tinha autonomia para debater suas próprias questões. "A indignação dos professores em relação à carta redigida é que ela parte do pressuposto de que nós não sabemos analisar a nossa própria situação. Por isso, o debate deve ser sempre na assembleia, entre os pares, os professores da categoria das diferentes carreiras, que tem os mesmos direitos e deveres", defendeu.

Estavam na pauta das revindicações da Associação dos Docentes da Universidade Federal (Adufrj), reajuste de 19,7% nos salários, o fim da contratação de professores por regime de OS (terceirizados) e a retomada de concurso para cargos que foram extintos. Também foi decidido na votação que a pressão em Brasília seguirá. Uma caravana será enviada à capital federal nos dias 27 e 28 de agosto.

Por: Larica Santos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações