Folha Dirigida Entrar Assine

No Estado do Rio, 316 vagas gratuitas para formação de professores


Até a última segunda,dia 2, os professores do Estado do Rio de Janeiro contavam com 316 vagas no Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (Parfor) Presencial. Porém, este número pode aumentar caso surjam novas oportunidades nas instituições de ensino, até o fim do prazo de inscrições, no próximo domingo, dia 8 de abril.

Os cursos com maior oferta, são os de Licenciatura em Pedagogia, Letras, Física, Matemática, História e Filosofia. Entretanto, há oportunidades para diversas áreas, como as de Sociologia, Educação Física, Química, Geografia, Ciências Biológicas, Artes, Língua Portuguesa e Espanhol.

Além da cidade do Rio de Janeiro, há chances para docentes nos municípios de Duque de Caxias, Nilópolis, Nova Iguaçu, Macaé, Volta Redonda, Nova Friburgo, Petrópolis, Paracambi e Campos dos Goytacazes. Quem participar do Parfor terá a oportunidade de se formar em uma instituição pública federal.

Participam do programa a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) e o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ).

Abaixo, segue a relação de cursos no Rio. Todos são presenciais e, dos oferecidos, só são de segunda licenciatura o de Física, na unidade do Cefet/RJ de Petrópolis, que oferece 30 vagas; e o na área de Filosofia, no campus da Rural, em Nova Iguaçu, que oferece 40 vagas. Os demais são para primeira licenciatura. Na penúltima coluna, estão as vagas oferecidas e, na última, as inscrições feitas até a tarde da última segunda, dia 2 de abril.

As vagas são oferecidas pelo Parfor, programa da Capes que tem como objetivo contribuir com a qualificação dos professores em todo o país. Os cursos são inteiramente gratuitos e destinados, exclusivamente, a professores em exercício na rede pública da Educação Básica de todo o país.

Os docentes podem optar por cursar a primeira licenciatura, para professores que não têm formação superior; a segunda licenciatura, para professores em exercício na rede pública da educação básica, há pelo menos três anos, em área distinta da sua formação inicial; ou a formação pedagógica, para quem é graduado, mas não licenciado.

Serviço
Site: http://freire.mec.gov.br
Telefone: 0800-616161

Por: Rodrigo Bruno - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações