Folha Dirigida Entrar Assine

Projeto Redação: utopia é tema em Maricá


As escolas municipais de Maricá, região metropolitana do estado do Rio de Janeiro, já estão realizando, entre seus alunos, o Projeto Redação 2016. A iniciativa da FOLHA DIRIGIDA, em parceria com escolas e redes de ensino, e que conta com o apoio institucional da Fundação Biblioteca Nacional, tem como objetivo incentivar a leitura e a escrita nas escolas mas, em Maricá, vai além disso. O projeto tem sido, sobretudo, uma forma de permitir aos estudantes a possibilidade de externar os sonhos que os almejam para a cidade.

A coordenadora do Projeto Redação no município, professora Mônica Salles, aprovou o empenho das escolas na realização do projeto que teve tema definido pela própria secretaria devido ao Festival Internacional da Utopia, que acontecerá em Maricá de 22 a 26 de junho. "Cada escola desenvolveu o seu projeto redação de forma muito satisfatória. Nós escolhemos o tema 'Vamos construir nossa utopia', pois neste ano realizaremos o Festival Internacional da Utopia este ano aqui em Maricá."

A região receberá o evento que traz em sua programação debates com autoridades, figuras públicas e outras pessoas de diversos países com o intuito de compartilhar ideias para transformar o mundo em lugar melhor. Durante o evento, a Secretaria de Educação pretende apresentar ao público algumas das redações criadas pelos alunos das escolas.

Uma das unidades escolares do município que participa do Projeto Redação 2016 é a Escola Municipal João da Silva Bezerra. A diretora do colégio, professora Simone Reis, conta como o tema foi desenvolvido com os alunos. "Cada turma trabalhou de uma forma. Nossos alunos produziram textos tanto da utopia que se tornou realidade aqui no nosso município, da que a gente pretende, e também do que eles falaram sobre sentimentos. Fizeram oficinas e depois eles transformaram tudo isso em vídeo. A intenção é que esse projeto continue esse ano inteiro."

A professora Simone Reis disse que os estudantes abraçaram o projeto e participaram que maneira ativa, contribuindo na construção do trabalho. "Eles se mobilizaram, ficaram empolgados e saíram buscando informações. Quando a gente lança para eles um desafio, acabam se sentido parte integrante do projeto. Eles não estão entrando em um projeto pronto, eles é que estão construindo", destaca a diretora.

'Queremos divulgar os sonhos dos alunos'

O tema do Projeto Redação 2016, em Maricá, é "Vamos construir nossa utopia" e foi escolhido pela Secretaria Adjunta de Educação de Maricá. O secretário de educação da cidade, Daniel José Alves Neto, explica os principais motivos da escolha do assunto e fala um pouco sobre os planos que cidade tem na sua gestão.

Para o secretário, os maricaenses já estão tendo seus sonhos na educação realizados, no entanto, ainda há mais planos para a cidade. "Essas utopias tão sonhadas aqui na região de Maricá etão se tornando uma realidade, Utopia e realidade estão se encaixando em Maricá", ressalta.

FOLHA DIRIGIDA — Qual a sua expectativa para o Projeto Redação 2016?
Daniel José Alves Neto - Acredito que será um ano bem diferenciado porque é um ano em que nós estamos muito centrados na utopia. Neste ano, teremos o Festival Internacional da Utopia, que reúne várias autoridades, intelectuais, escritores e pessoas do mundo todo. Assim, surgiu a ideia de colocar o tema das redações desse ano voltado para a utopia. Estamos curiosos para saber como serão todas essas redações. Queremos divulgar os sonhos dos alunos no próprio festival para sabermos qual é o sonho desse nosso estudante. A redação é uma dissertação em que autor pode exteriorizar o que pensa. E se o aluno conseguir colocar todos os seus sonhos no papel, certamente vai contribuir muito para a minha gestão e poderei acrescentar algo mais nesse sentido.

O tema deste ano é Utopia. Qual a importância de crianças e adolescentes refletirem sobre esse assunto?
Daniel José Alves Neto - Todos nós estamos fazendo uma grande análise do mundo em que estamos vivendo, do mundo que queremos, do que desejamos para as nossas escolas, qual o modelo que deve ser seguido. O foco de Maricá é uma educação libertadora, uma educação diferenciada, uma educação onde não pareça que o estudante esteja em um quartel; uma educação onde os alunos vão ser protagonistas dessa mudança. Por isso, é muito importante os alunos exteriorizarem esses sonhos na conclusão das redações. No futuro, são esses alunos que vão liderar as transformações necessárias e nós temos uma preocupação imensa nesse sentido para que, desde hoje, quem já está no sistema educacional contribua tanto hoje quanto lá na frente. A intenção é fazer esse diálogo com os alunos e toda comunidade escolar porque essa é a única forma de alcançar um objetivo mais satisfatório.

O principal objetivo do Projeto Redação é incentivar a escrita e a leitura. Qual a importância dessas duas práticas?
Daniel José Alves Neto - A leitura liberta. Além do mais, cada vez que um indivíduo cresce intelectualmente, a probabilidade de ter um futuro melhor se torna uma coisa mais próxima. O incentivo a leitura gera diversas consequências como o crescimento intelectual, a vontade de continuar estudando, o mundo acadêmico fica mais próximo. Então, para nós, é de extrema importância está incentivando esses tipos de projetos, para que o aluno se desenvolva, tenha capacidade de raciocínio, discussão, relacionamento pessoal e interpessoal. É de extrema importância a leitura até mesmo para desenvolver suas ideias.

Pelo Projeto Redação, os alunos têm a oportunidade de terem suas redações publicadas em um livro. Qual a importância disso para os estudantes?
Daniel José Alves Neto - Gera um efeito contagioso porque os pais que têm outros filhos em casa podem também incentivar os outros filhos usando o premiado como exemplo e isso, com certeza, gera um efeito cascata porque os outros irmãos também vão querer fazer parte de algo assim.

Quais as principais ações da Secretaria de Educação de Maricá com foco no incentivo à leitura e à escrita?
Daniel José Alves Neto - Apesar de já estarmos trabalhando com essa visão, a ideia que tenho na minha gestão à frente da educação de Maricá é de aprimorar a estrutura das escolas, para que possamos implementar mais livros, para que esses livros alcancem um pouco mais nossos alunos. Queremos trabalhar com livros voltados para cada faixa etária. Os diretores das escolas têm contribuindo muito nesse sentido, pois têm incentivado bastante a leitura. É um grupo que tem contribuído muito com a secretaria de educação do município.

Diretora faz balanço positivo do projeto em sua unidade escolar

Os profissionais da Escola Municipal João da Silva Bezerra não tiveram dificuldades em passar a ideia do tema "Vamos construir nossa utopia" para seus alunos. O Colégio já vem desde o início do ano trabalhando o assunto, não só para a criação das redações, mas para a formação cidadã do estudantes.

De acordo com a diretora da escola, professora Simone Reis, os alunos não tiveram dificuldades em assimilar o tema porque já vinha trabalhando o assunto em outros projetos desenvolvidos dentro no colégio. "Eles estão trabalhando além da redação. Foram desenvolvidos outros projetos, oficinas. Um exemplo foi o de adaptar um cadeirante às instalações da escola. Há vídeos em que eles estão vivenciando o que um cadeirante, um idoso passam. A intenção é estender e continuar com o projeto esse ano inteiro."

O objetivo da escola é passar valores a esses estudantes e fazer com que entendam que para ter seus sonhos realizados é preciso união e respeito entre as pessoas. "Trabalhamos tanto a utopia que se tornou realidade aqui no nosso município, como a que pretendemos e também aquelas que têm relação com os sentimentos. Muitos alunos destacaram que não adianta a humanidade buscar determinadas concretizações se o ser humano não colocar em prática o respeito ao próximo, o amor."

A diretora espera que o objetivo do projeto faça efeito positivo nos estudantes para que possam espalhar suas ideias. "Queremos que os nossos alunos estejam em breve lançando suas ideias em outras unidades escolares, faculdades, entre outros."

Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações