Folha Dirigida Entrar Assine

Colégio Aplicação Taquara homenageia cultura africana em cerimônia de entrega dos livros


 
Na última sexta-feira, dia 1º, o Colégio Aplicação, unidade Taquara, realizou a solenidade de entrega dos livros do Projeto Redação 2017. A iniciativa é fruto de uma parceira entre a FOLHA DIRIGIDA e a Biblioteca Nacional.
 
Antes de iniciar a cerimônia, foi feita uma homenagem à cultura africana, organizada por alunos do ensino médio e professoras de Artes e Educação Física da escola.
 
"Existe uma história do povo negro sem Brasil, mas não existe uma história do Brasil sem o povo negro", disse a diretora do colégio, Simoni Pina, relembrando a frase do fotógrafo Januário Garcia. Simoni destacou, ainda, a emoção de proporcionar aos pais e alunos um evento como esse. 
 
"Hoje é um momento de grande realização. Nós que passamos por todo o processo, desde a escolha do tema até a seleção das redações, não é fácil. Chegar aqui nessa noite tão bonita onde vemos grandes redações sendo apresentadas é um motivo de muito orgulho."  

Melhor redação da escola chama atenção para o meio ambiente

imagem-alunas-vencedoras-projeto-redacao
Alunas: Ana Giulia Mussury e Joyce Antunes
 
Valorizar temas que despertem o interesse dos alunos para as questões sociais é um compromisso da escola, como destacou a professora de redação Valesca Braga, uma das responsáveis pela coordenação do projeto na escola.
 
"Nós escolhemos um macro tema e  tentamos dividi-lo em temas menores, como o preconceito e ações humanitárias. Trabalhamos essas questões todos os dias na sala de aula para que os alunos possam pensar sozinhos e desenvolvam o texto deles", disse.
 
A aluna do 2° ano do ensino médio Ana Giulia Mussury mostrou-se muito surpresa ao saber que seu texto foi escolhido como o melhor da escola. Ajudante do Greenpeace e muito conectada à natureza, Ana escolheu abordar questões relacionadas ao meio ambiente como tema.
 
"A escrita sempre foi muito presente na minha vida. E foi muito importante poder mostrar o meio ambiente para as pessoas, e falar dos fatos que eu sei. Estou muito orgulhosa por ter conseguido fazer um bom trabalho falando do que eu realmente gosto", comemorou.

Projeto estimula alunos a ler mais e a escrever melhor

Para Joyce Antunes, autora da segunda melhor redação, os acontecimentos do cotidiano foram suas grandes inspirações. "Isso vai ter uma importância muito grande na minha vida e na minha carreira. Mesmo não escolhendo ser escritora, saber elaborar um bom texto é muito importante."
 
Angela, mãe de Joyce, elogiou a iniciativa da escola. "Acho muito legal porque hoje em dia eles só querem saber de internet e não querem mais pegar um livro para ler. Então esse estímulo da escola é muito bom", disse.
 
Quem também avaliou positivamente a proposta do projeto foi a professora do ensino fundamental II, Maria Carolina Batista.
 
imagem-professoras-coordenadoras-do-projeto-redacao
Coordenadoras do projeto:  Maria Carolina e Valesca
"Acho um trabalho muito interessante porque, a princípio, os alunos relutam um pouco em participar, o que é normal. Mas depois eles ficam super interessados e acabam gostando muito. Os alunos têm muita dificuldade, às vezes, de escrever, e o projeto estimula que eles escrevam e organizem suas ideias no papel", enfatizou.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações