Folha Dirigida Entrar Assine

Instituto Gaylussac transforma a entrega dos livros em um grande evento


O Instituto Gaylussac, em Niterói, realizou no último dia 17 a cerimônia de entrega dos livros do Projeto Redação 2017. A solenidade teve direito a apresentação musical e, também, a apresentação das redações dos alunos selecionados para o livro.
 
"Hoje é um dia muito feliz, porque hoje é a culminância do projeto. Todos estão muito orgulhosos e muito felizes", comemorou a coordenadora do projeto no instituto, Marília Cerqueira.
 
Os pais que estiveram presentes estavam muito emocionados com a conquista dos alunos. "É muito gratificante. Ele está sempre envolvido nessas produções de texto, sempre gostou muito desse tipo de trabalho. Acho que ele está realizando um sonho", disse Ricardo Faria.
 
Claudia Marcondes aproveitou a ocasião para elogiar a iniciativa do colégio. "Acho muito interessante, porque isso incentiva o desenvolvimento e a criatividade das crianças", destacou.

Alunos responsáveis pelo design da capa também foram homenageados

As três autoras das melhores redações de toda a escola receberam uma placa em homenagem ao trabalho realizado. Além delas, os alunos responsáveis pela autoria da capa do livro também foram homenageados.
 
imagem-livros-gaylussac-projeto-redação
Capas dos livros que foram inspiradas em mangás

 

"A sensação é de orgulho porque gastamos algumas semanas fazendo o quadrinho. Poder ver todo esse retorno é muito legal", disse Leonardo SaintClair. O amigo João Gomes complementou: "Nos sentimos muito inspirados porque não fizemos esse trabalho só para ganhar ponto, mas porque gostamos de fazer."

A professora Marília explicou que a iniciativa de produzir a capa dos livros partiu dos próprios alunos, há uns dez anos. "Eles entenderam que a capa também é uma autoria. Então, ao longo dos últimos dez anos, todas elas, sem exceção, são produção de aluno. Partiu do interesse deles e do entendimento de que isso é um tipo de texto, de linguagem e comunicação."
 
Mariana Campos está no terceiro ano do ensino médio e participou pela primeira vez do projeto incentivada por suas professoras de produção textual. 
 
autoras-melhores-redações
Autoras das três melhores redações da escola
 
"Meu texto saiu sem querer. Desde pequena leio muito e sempre gostei de escrever. Este ano comprei uma máquina de escrever e acho que só isso já serviu de inspiração. Esse foi o primeiro texto que escrevi na máquina. Sentei à mesa com ela e fui escrevendo; só vi no final como ficou", lembrou Mariana.
 
Bruna de Carvalho, aluna do 2º ano do ensino médio, resolveu abordar em seus textos o tema liberdade. No total, foram três textos que a aluna enviou para concorrer no projeto, dois em português e um em espanhol. 
 
Esta é a quarta vez que Bruna participa do Projeto Redação. Mas ainda assim se sente emocionada com a escolha. "É muito gratificante o meu trabalho sendo exposto para a apreciação de outras pessoas."
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações