Folha Dirigida Entrar Assine

Solenidade do Colégio Aplicação-Vila Militar é nesta sexta e os alunos estão muito animados


Os alunos do Colégio Aplicação, unidade Vila Militar, já estão prontos para a noite de autógrafos que acontece nesta sexta-feira, dia 10. Os selecionados na edição de 2017 do Projeto Redação terão a oportunidade de ver os seus textos publicados em livro, fruto de uma parceria entre a FOLHA DIRIGIDA e a Biblioteca Nacional.
As redações deste ano abordaram a necessidade de viver e construir um mundo melhor. O amor ao próximo, o cuidado com a natureza e o fim da violência foram alguns dos exemplos de melhorias propostas pelos alunos da instituição.
Autores dos textos selecionados do ensino fundamental
Autores selecionados do ensino fundamental
"Estou muito feliz e emocionada. Estudo há dois anos neste colégio e é a primeira vez que sou selecionada no projeto", disse Beatriz de Abreu dos Santos, aluna do 3° ano ensino fundamental.
Beatriz, que tem 8 oito anos, confessou que, ao escrever a sua redação, desejava impactar os leitores e ajudar a melhorar os índices de violência no mundo. "Meus pais ficaram muito orgulhosos de mim e me disseram para que eu continue escrevendo", disse a aluna, que sonha em ser veterinária.
Apesar da também pouca idade, Giovanna Moura Simioli Garcia, de 10 anos, disse que escrever é a forma que ela encontra para expressar tudo aquilo que está sentindo. "Quando estou escrevendo coloco todo o meu sentimento nas palavras. Acho mais divertido escrever em parceria porque os meus amigos me ajudam, me dão ideias e eu leio as minhas redações para eles", disse Giovanna, aluna do 5° ano.
Assim como Giovanna, Bruna Luíza de Bastos Gonçalves, também do 5° ano, ficou feliz por ter sido selecionada no projeto, e que sua avó, já falecida, é sua maior inspiração. "Gosto de expressar tudo o que sinto na minha escrita. Deixo a imaginação tomar conta das minha palavras. Minha avó já faleceu, mas ela sempre me apoiou e ficaria muito feliz com a minha classificação."

Finalistas falam sobre a expectativa da premiação

Ter um texto publicado no livro também surpreendeu os alunos do Colégio Aplicação/Vila Militar que estão concluindo o ensino médio. Para eles, saber que conseguiram expor as suas ideias e sentimentos em uma redação é motivo de orgulho.
autores-redacoes-vencedoras-ensino-médio
Alunos ficaram surpreendidos com a escolha de suas redações

 

"Fico lisonjeada por consegui transmitir minha verdade na minha redação. Eu não tentei passar uma mensagem específica. Preferi que cada pessoa interpretasse e fosse tocada de alguma forma com o poema, de acordo com o que entende de princípio, simplicidade", disse Gabriela de Melo, de 17 anos.
Surpresa maior foi o que aconteceu com Paulo Roberto Souza, de 18 anos, e Tayna Trindade Marinho, de 17. Ambos entregaram a redação após o término do prazo. E quando receberam o resultado confessaram que em nenhum momento tiveram esperança de serem serem classificados.
"Achei estranho, não esperava ser escolhido", brincou Paulo. Já Tayna, disse ter ficado em "choque" e agora está na expectativa, pois sabe que seus pais ficarão orgulhosos.
"É a terceira vez que participo, mas é a primeira vez que sou classificada. Fiquei muito feliz por ter conseguido no último ano da escola. Escrevi sobre ter força de vontade, acreditar em si mesmo, lutar e não desistir, mesmo que surjam dificuldades", disse Tayna.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações