Folha Dirigida Entrar Assine

Rio+20: Sustentabilidade nas escolas


A partir desta semana, as 1.358 escolas escolas da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro começarão a receber um CD com conteúdos especiais sobre a Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, que será realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 13 e 22 de junho.

A iniciativa partiu da Secretaria Estadual de Educação (SEE), que pretende levar ao universo de um milhão de estudantes da rede, em todas as regiões do estado, as discussões sobre sustentabilidade — conceito que preconiza equilíbrio entre políticas econômicas, sociais e ambientais.

De acordo com o secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Wilson Risolia, a SEE está envolvida verticalmente na Rio+20, desde as escolas até o comando estratégico da pasta. “As escolas estão trabalhando transversalmente o tema. É óbvio que cada escola tem a sua liberdade pedagógica. Em muitas delas, o tema da sustentabilidade está sendo trabalhado de forma relacionada à realidade regional. Fazemos o acompanhamento das ações”, explicou Risolia, que já foi convidado para participar de alguns eventos paralelos que antecederão a Conferência das Nações Unidas. 

Coordenadora estadual de Educação Ambiental, a professora Deise Keller informou que as discussões sobre a Rio+20, no âmbito da Secretaria de Educação, começaram no ano passado, com a realização de pesquisas sobre os documentos oficiais a respeito dos temas centrais do encontro de líderes mundiais: economia verde, erradicação da pobreza e governança ambiental.

“Em 2011, começamos a nos preparar para a Rio+20, convocando toda a rede para refletir sobre economia verde, governança ambiental, erradicação da pobreza. Fizemos um levantamento dos grandes documentos pedagógicos ligados a essas temáticas e começamos a construir o conteúdo do CD”, informou a educadora.
 
Kit contém dez publicações - Segundo a Coordenação de Educação Ambiental da SEE, cada CD contém dez publicações, que trazem orientações do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério do Meio Ambiente (MMA) sobre o trabalho com as questões de sustentabilidade junto a estudantes, professores, funcionários, pais de alunos e, até mesmo, nas comunidades em que as unidades de ensino estão inseridas.

A SEE informou que, junto com o envio do material às escolas,  promoveu a capacitação dos gestores. Desde o ano passado, em cada reunião pedagógica realizada periodicamente com os diretores de escolas, as temáticas da Rio+20 foram abordadas. Além disso, no último dia 13, houve um encontro oficial, para tratar especificamente do material dos CDs sobre a Rio+20.

“Fizemos uma formação específica sobre os conteúdos CD. Cada regional do estado estava representada por, pelo menos, dois profissionais. Cada CD contém dez livros e uma carta da SEE com orientações sobre o uso desse material nas escolas. Esperamos que até o final de abril, todas já tenham recebido o CD. A educação ambiental não tem dia e hora marcada, tem que ser processual e fazer parte do cotidiano escolar”, acrescentou Deise Keller.

Exposições na Rio+20 - A SEE vai apresentar suas iniciativas de educação ambiental no Parque dos Atletas, no Riocentro, onde haverá exposições de diversos órgãos do governo estadual. A programação completa das ações de órgãos estaduais na Conferência das Nações Unidades vai estar no site “Agenda Total”.

A SEE, por exemplo, participará de ações oficiais e paralelas. Para professores e alunos da rede a Rio+20 irá de 13 a 24 de junho, pois uma série de atividades educativas estão sendo preparadas. O planejamento inclui, inclusive, um balanço do encontro, a ser feito após o encerramento do evento.

E para assegurar a participação do maior número possível de estudantes e professores no encontro, bem como incentivar as discussões sobre sustentabilidade em todos os municípios do estado, a Secretaria de Educação informou que providenciará ônibus e alimentação para que todas as coordenadorias regionais enviem grupos de alunos e professores. “Não dá para levar todo mundo, mas iremos trabalhar para que cada região do estado esteja representada”, completou Deise Keller.

Notas

- Feriado no Rio - A Prefeitura do Rio de Janeiro, o Governo do Estado e o Governo Federal articularam estabelecer ponto facultativo nas repartições públicas entre os dias 20 e 22 de junho, período em que ocorrerão as reuniões com os chefes de Estado. A Câmara de Vereadores do Rio deve também decidir, nos próximos dias, se o feriado também se estenderá para as escolas municipais. O feriado não vale para o setor privado. A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann informou que a medida tem como objetivo evitar transtornos ao evento e à população carioca, em função do deslocamento das delegações dos diversos países.

- Presença de Chefes de Estado - O levantamento mais recente da Organização das Nações Unidas (ONU) indica que, pelo menos, 135 países já estão inscritos na lista de oradores para a Rio+20. A relação de presidentes, chefes de Estado, vice-presidentes e chefes Governo e vice primeiros-ministros que solicitam autorização para fazer pronunciamentos oficiais é um dos parâmetros da ONU para calcular o número de líderes de Governo que participarão do encontro. Contudo, tal relação indica a intenção dos países em participar com suas lideranças o que, na última hora, pode não ocorrer efetivamente. A lista de participantes confirmados, por questões de segurança, não será divulgada.

- Negociações em Nova York - Representantes de governos e da sociedade civil realizam, até 4 de maio, nova rodada de negociações sobre o documento que será debatido na Rio+20, durante a sessão de negociações informais. Na Conferência da ONU, que acontecerá de 20 a 22 de junho, líderes de Governo analisarão o documento final, fruto das negociações que foram desencadeadas a partir do “Rascunho Zero” de 19 páginas, elaborado em janeiro e condensado a partir de seis mil páginas de sugestões de governos, sociedade civil, academia etc. Em março, a rodada inicial de negociações elevou para 200 o número de páginas deste documento. Na revisão feita pelas nações foram identificadas 26 áreas estratégicas de ação, dentre as quais se destacam água, energia, alimentos, empregos, cidades, oceanos, preparação para desastres, erradicação da pobreza, turismo, transporte, mudanças climáticas, consumo e produção sustentáveis, terras, produtos químicos e florestas. Outros temas em discussão são os mecanismos para instituição de governança ambiental internacional, que levam em consideração propostas como o fortalecimento do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) ou a criação de outros órgãos internacionais e a implementação de novas formas para medir o desenvolvimento dos países, além do crescimento econômico e do PIB, levando em consideração o bem-estar geral da população e a proteção ao meio ambiente.

- Campanha de Ações Voluntárias - Com o objetivo de mostrar a importância da ação voluntária para o desenvolvimento sustentável, o Programa de Voluntariado da Organização das Nações Unidas (VNU) lançou a campanha “Ações Voluntárias Contam”. Pessoas e entidades que desenvolvem ações voluntárias poderão expor seus trabalhos durante a Rio+20. Por meio de um site interativo, serão cadastradas ações voluntárias em defesa do desenvolvimento do planeta e em prol das gerações futuras. A ação visa assinalar a importância do voluntariado na Conferência Rio+20, defendendo a participação cidadã e o engajamento da sociedade civil nas deliberações da Conferência, declarações, documentos resultantes e na sua subsequente implementação. Informações: www.volunteeractioncounts.org/pt.

- Mulheres rumo à Rio+20 - Neste sábado, dia 28, acontece o Encontro Estadual das Mulheres Rumo à Rio+20. O evento será realizado das 9 às 18 horas, na Escola Municipal Calouste Gulbenkian, na Cidade Nova. No encontro, que conta com o apoio de diversas entidades em defesa dos direitos das mulheres, serão definidas ações e formas de participação do movimento das mulheres na Rio+20. Inscrições gratuitas. Informações: t[email protected]gmail.com.
 

Por: Tainara Silva - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações