Folha Dirigida Entrar Assine

Acesse provas e gabaritos da 2ª fase da UFF


A Universidade Federal Fluminense (UFF) divulgou as provas e os gabaritos da segunda etapa do vestibular 2012. A realização do último dia de provas ocorreu em clima de tranquilidade. Em um dos maiores locais de avaliação da cidade do Rio, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, não ocorreram incidentes que comprometessem a aplicação das questões aos vestibulandos. Os portões foram fechados às 8h50, como estava determinado no edital. Na Uerj, nenhum vestibulando chegou atrasado.

A universidade registrou 9% de faltosos (cerca de 1.700 candidatos). Na manhã da prova, os candidatos fizeram uma redação e resolveram questões discursivas de disciplinas de conhecimentos específicos, que variavam de acordo com o curso escolhido. O tema da redação foi a forma de ocupação e os desafios das grandes cidades nos dias de hoje.

A maior parte dos candidatos chegou cedo ao local de prova. Por volta das 8 horas, a maioria já se concentrava no pátio principal do campus da Uerj, aguardando o melhor momento para entrarem. Até o tempo ajudou: a chuva que ameaçava cair forte entre 7h30 e 8 horas ficou só na ameaça.

No entanto, todos tiveram que lidar com o calor. O céu estava encoberto e a temperatura na casa dos 35°. Muitos vestibulandos vestiam roupas leves para amenizar o calor. Desde cedo, uma viatura da Polícia Militar estava em frente à Uerj, para monitorar a movimentação dos candidatos. O trânsito também não foi problema.

Ao longo de todo o início da manhã, não foram registrados engarrafamentos em frente à Uerj. Em seu primeiro ano de vestibular, a jovem Leticia Valle, que tenta uma vaga em Jornalismo, não escondia a ansiedade poucos minutos antes da prova.

"Estou um pouco nervosa sim. Não esperava passar pela primeira fase e sei que a prova de hoje vai ser bem mais difícil. Mas, mesmo assim, estou confiante de que tudo vai dar certo", disse Leticia, que tem 17 anos e também fez, este ano, Uerj e Enem. Seu colega Mateus Soares, que tenta uma vaga em Geografia, estava bem mais tranquilo.

"Acho que essa é uma prova mais fácil de fazer. Por ser uma quantidade de matérias menor, temos condições de pensar melhor nas respostas. E as questões são discursivas. Para quem sabe a matéria, esse é um diferencial e tanto. Não dá pra chutar, como na primeira fase", salientou Mateus.

Por: Larica Santos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações