Entrar Assine

Estadual 2014: coordenadora orienta os candidatos


Diretora do Departamento de Seleção Acadêmica da UERJ, Elisabeth Hadad Murad apresenta, como uma das mais importantes recomendações aos candidatos para o dia da prova, ter total atenção ao local em que ela será realizada. Na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), por exemplo, muitos candidatos têm problemas por dirigirem-se ao campus equivocado, por terem lido, de forma apressada, as informações do cartão de confirmação. Ela cita aquelas que considera as principais orientações aos vestibulandos.

"As principais recomendações aos candidatos são: verificar com antecedência o seu local de prova, de acordo com a informação constante no cartão de confirmação de inscrição; chegar uma hora antes do início da prova, ou seja, às 8 horas; e levar caneta esferográfica de corpo transparente preta ou azul e original de qualquer documento oficial de identificação com foto", destaca.
 
O segundo Exame de Qualificação será realizado neste domingo, dia 8 de setembro. A prova começa às 9h, mas a recomendação dos coordenadores é de que os candidatos cheguem a partir das 8h, momento em que os acessos aos locais de avaliação serão abertos. Estão inscritos 67.690 candidadtos, que terão quatro horas para resolver 60 questões das seguintes áreas: Linguagens (Português, Literatura e Língua Estrangeira), Ciências Humanas (História e Geografia), Matemática e Ciências da Natureza (Física, Química e Biologia).

O gabarito será divulgado no próprio domingo e, assim que for liberado para a imprensa, poderá ser acessado nesta página, com as questões da prova. Ainda no domingo, os internautas poderão consultar a resolução da prova, que será feita pela equipe de professores do Sistema Elite de Ensino. O acesso será gratuito.

Outro momento em que os vestibulandos devem ter cuidado é na hora de preencher o cartão de respostas. Se, por exemplo, o candidato marcar duas opções para o mesmo item por engano, perderá os pontos da questão. "O candidato deve marcar suas respostas com tranquilidade, transferindo para o cartão de respostas a alternativa que melhor responda a cada questão. Cuidado com respostas sem nitidez ou marcação de mais de uma alternativa, pois elas não serão registradas", diz a professora Elisabeth Murad, salientando que não haverá tempo adicional para marcação das respostas.

Segundo a coordenadora do vestibular, um bom resultado no exame de qualificação é decorrente de um processo de escolarização baseado em muita leitura e muita análise com senso crítico. Ela deixou uma mensagem para os mais de 67 mil inscritos que farão o segundo Exame neste domingo, dia 8.

"Uma prova com o perfil do nosso Exame de Qualificação, ou seja, interdisciplinar, contextualizado, pautado no desenvolvimento de habilidades e competências e com conteúdo vinculado ao cotidiano do
candidato, exige uma capacidade de leitura bem desenvolvida e uma boa capacidade de estabelecer relações entre os conteúdos que recebe e a realidade do mundo que o cerca. Algumas dessas características também se apresentam no exame discursivo, que apesar de ser disciplinar, prioriza a escrita e a avaliação de competências, habilidades e conteúdos, com questões sempre contextualizadas", salienta Elisabeth Murad.

Por: Diego Da - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações