Folha Dirigida Entrar Assine

Professores analisam perfil da prova da Uerj


A Uerj está com inscrições abertas para o primeiro Exame de Qualificação. A prova já tem data marcada: 17 de junho. Candidatos devem começar a se preparar o quanto antes. Entretanto, além do conteúdo programático, é importante que o vestibulando saiba também as características e modelo da prova.

O exame de qualificação do Vestibular Estadual é composto por questões objetivas, agrupadas por áreas de conhecimento. No ano passado, foram 60. De acordo com o professor Camilo Monteiro, coordenador de vestibular do Curso Tamandaré, é importante que o candidato procure estar sempre atualizado, principalmente a respeito de questões polêmicas, para conseguir um bom desempenho.

"É um exame que trabalha muito com temáticas atuais, tanto na área de Ciências Humanas como na Ciências da Natureza. Questões políticas, ambientais, conflitos regionais. É uma prova que lida também com a interdisciplinaridade. O aluno tem que ter um raciocínio mais plural para entender as questões", afirmou.

Uma dica importante para quem vai fazer o Exame de Qualificação é conhecer o modelo da avaliação. De acordo com o professor Rodrigo Piraciaba, diretor de vestibular do Sistema Elite de Ensino, o candidato deve procurar questões de concursos anteriores e provas semelhantes. Além disso, deve manter um ritmo de estudos em casa.

"Não existe receita de bolo no que diz respeito à preparação, mas é interessante que o aluno mantenha o ritmo de estudos dentro das possibilidades dele. Se nessa semana ele conseguiu fazer 10 questões, na próxima, o vestibulando pode fazer 12", disse Rodrigo Piraciaba, que também destaca que a prova avalia conhecimentos gerais do candidato.
 
Já o professor Camilo Monteiro aconselha também que os estudantes comecem sua preparação pelas disciplinas com as quais têm mais dificuldade. Segundo o professor, é muito comum os candidatos buscarem as matérias que tenham maior facilidade, isso pode fazer com que criem uma falsa sensação de segurança.

"O aluno normalmente é seletivo na hora de estudar, dando foco às matérias que ele tem mais facilidade. Isso ocorre até por uma questão de autoestima mesmo, o candidato estuda o conteúdo que tem mais facilidade para ter uma sensação ilusória que está bem. Sendo que, na verdade, ele deveria fazer o contrário", afirmou.
 
Além do vestibular estadual, a única prova a selecionar para as universidades públicas do Rio de Janeiro é o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Embora ambas sejam formadas por questões objetivas e utilizem um modelo interdisciplinar, há diferenças importantes entre o Enem e o Exame de Qualificação da Uerj.

"A abordagem das questões é diferente. O Enem é uma prova que mede habilidades mais subjetivas associadas aos conteúdos. Já o Exame de Qualificação da Uerj vai um pouco mais fundo em relação ao conteúdo. Sendo assim, o candidato precisa ter um cuidado maior com o conteúdo programático na prova da Uerj do que no Enem", disse o professor Camilo Monteiro.

Por: Daiane Possimoser - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações