Entrar Assine

Uerj: cresce a nota de corte dos cursos


Entre as graduações da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) no vestibular Estadual 2014 para ampla concorrência, 47 tiveram aumento na nota de corte, duas mantiveram o mesmo resultado mínimo e 12 diminuíram. A maior diferença foi em Letras: Português/Grego, com 20 pontos a mais. Na outra ponta, Letras: Português/Latim reduziu sua nota de corte de 47 no Estadual 2013 para 21,75 neste ano, ou 25,25 pontos.

Os candidatos beneficiados pelas ações afirmativas também precisaram alcançar uma nota maior que o concurso anterior. Entre os cotistas da rede pública, a nota de corte aumentou em 36 carreiras, permaneceu igual em uma e foi menor em 19. Além disso, quatro são novos e dois não tiveram estudantes concorrendo na modalidade. No caso dos vestibulandos negros e índios, 38 notas de corte subiram, uma ficou igual e 17 desceram. Das notas mínimas dos cotistas, a maior diferença para cima foi da graduação em Letras: Português/Latim para negros e índios, que passou de 30 para 54,75 pontos. O que teve a maior alteração negativa foi Letras: Português/Alemão para estudantes oriundos da rede pública, com 19,25 pontos a menos.

A marca de quase 85 candidatos para cada vaga garantiu a maior relação candidato/vaga para Medicina, mas não a maior nota de corte do Estadual 2014 na ampla concorrência. Apesar da nota ter aumentado de 85,25 para 88,25, a graduação perdeu o posto para Engenharia Mecânica neste ano, quando o calouro com a menor pontuação tirou 89,75. No vestibular passado foi preciso obter, pelo menos, 84,75. Medicina, aliás, foi a única das cinco primeiras que não faz parte da área de Engenharia. Engenharia Química (85,75), Civil (85,75), de Produção (85) e Industrial (83,25) completam a lista. No ano passado, o curso de Direito também estava entre as primeiras, mas nem a subida da nota mínima de 78,75 para 81,25 assegurou uma das cinco colocações de cima.

Os candidatos que tiveram resultado inferiores às notas de corte não precisam perder as esperanças de aprovação. Nesta terça-feira, dia 18, o Departamento de Seleção Acadêmica (Dsea) da Uerj, responsável pelo processo seletivo, divulgará a primeira reclassificação. Quem conquistar a classificação deverá realizar a pré-matrícula nos dias 20 e 21. Aqueles que não passarem e ainda quiserem continuar concorrendo precisarão registrar o interesse nas vagas não preenchidas, a partir do dia 22. Já no caso dos reclassificados para o Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo), as matrículas serão realizadas até esta terça-feira, dia 18 de fevereiro.

Por: Larica Santos - [email protected]
Assine e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida
OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações