Entrar Assine

Notícia principal

\"Concurso da Alerj é um presente para candidatos\"

Resumo: Com a abertura do prazo de inscrições, é hora de os interessados em disputar as 44 vagas em oferta no concurso da Alerj acelerarem o ritmo da preparação. Afinal, as oportunidades são para nível superior com ganhos de até R$33.762 - caso do cargo de procurador, exclusivo para bacharéis em Direito e com oferta de quatro vagas. As outras 40 são para a carreira de especialista (para graduados em várias áreas). Para auxiliar os candidatos no estudo para essa função, que reúne a maior oferta, a FOLHA DIRIGIDA Online traz considerações de Alexandre Teshima, professor do THCURSOS e auditor do Tribunal de Contas.  


Com a abertura do prazo de inscrições (leia matéria ), é hora de os interessados em disputar as 44 vagas em oferta no concurso da Alerj acelerarem o ritmo da preparação. Afinal, as oportunidades são para nível superior com ganhos de até R$33.762 - caso do cargo de procurador, exclusivo para bacharéis em Direito e com oferta de quatro vagas. As outras 40 são para a carreira de especialista (para graduados em várias áreas). Para auxiliar os candidatos no estudo para essa função, que reúne a maior oferta, a FOLHA DIRIGIDA Online traz considerações de Alexandre Teshima, professor do THCURSOS e auditor do Tribunal de Contas.

Há mais de 15 anos no comando das salas de aula de cursos preparatórios e com propriedade no assunto 'carreiras públicas', Alexandre define a seleção da Alerj como um "presentão para os concurseiros".  Ele explica: "O órgão não abre concursos há anos e é bem provável que haja muitas convocações extras durante o prazo de validade - que pode chegar a quatro anos". O presente é tão bom, que nem a temida crise financeira pode atingí-lo. Alexandre explica que a Alerj tem autonomia orçamentária garantida. Portanto, não sofre o impacto das dificuldades econômicas que o Estado do Rio de Janeiro vive no momento.

Tão valiosas quanto as oportunidades são as orientações de Alexandre para quem pretende concorrer ao cargo de especialista. "Sugiro que foquem os estudos nos Conhecimentos Específicos e no Português que, juntos, representam 84% da avaliação". Para quem resolverá a prova de Especialista Legislativo (qualquer curso de nível superior), ele recomenda que se concentre na legislação que rege a matéria do edital - principalmente as Leis de Responsabilidade Fiscal, 4320 e 8666/93. Além disso, vale destacar o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (Parte I) e a Lei Estadual nº 287.

Já para os futuros candidatos ao cargo de Especialista Legislativo com graduação em Ciências Contábeis, Alexandre recomenda focar os estudos nas Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (NBCT 16) e também nas partes I, II, IV e V do Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público. Mas não esqueçam o Português: "Geralmente, as matérias que compõem a parte de Conhecimentos Específicos são as maiores vilãs, mas não podemos esquecer da disciplina Língua Portuguesa que sempre vem caprichada pela FGV", alerta.

Banca do concurso cobra com dificuldade mediana

A banca costuma provocar um receio nos candidatos pelo seu estilo mais carregado em algumas matérias, mas no geral as provas apresentam um grau de dificuldade mediano. "Assim, é interessante que os futuros candidatos se guiem pelas provas da FGV elaboradas para os concursos MPRJ 2016, TCE-RJ 2013 e 2015, TCM-SP 2015 e IBGE 2016", sugere. Sem economizar recomendações, Alexandre entrega o ouro e, com base nos seus 15 anos de magistério, denuncia a melhor estratégia de estudos para quem que se destacar.

"O melhor método de estudos a se seguir é fazer um planejamento que concilie o estudo da teoria com a resolução de exercícios, assim, é possível compreender melhor o estilo da banca. Talvez o ponto-chave para o sucesso neste concurso seja a Língua Portuguesa, devido ao estilo pesado da banca na disciplina". Com as provas objetivas a serem aplicadas em dezembro, o tempo é curto. Por isso, Alexandre recomenda que os candidatos foquem nas disciplinas de menor conhecimento e maior pontuação, buscando sempre utilizar técnicas de estudo e materiais que acelerem a revisão da matéria.

"Para facilitar os candidatos, preparei cursos compreendendo todas as disciplinas de conhecimentos específicos dos cargos Especialista Legislativo - tanto para graduados em Ciências Contábeis, quanto para profissionais com nível superior em qualquer área", conta o professor, informando que o material está disponível no THCURSOS. 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações