Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Candidatos cobram definições sobre novo concurso


Quantas vagas imediatas serão oferecidas, sob que critérios serão definidas, e quando o edital será publicado. Esses são os principais questionamentos da maioria dos interessados no próximo concurso de escriturário do Banco do Brasil (BB), que incluirá o Rio de Janeiro. Quem estuda para a seleção pede informações ao banco no processo de preparação do concurso. Estudando para a seleção do BB desde março, a administradora Karina Rodrigues, 29 anos, deseja saber quando o edital sairá, após o acordo firmado com o Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF), que prevê a oferta de vagas imediatas.

“Todas as informações possíveis ajudariam, mas a principal hoje é quando o edital vai sair, ou seja, se a diretriz do banco de divulgar o documento agora em maio será cumprida ou se ele poderá ficar para junho. Gostaria muito também de um acompanhamento do processo de definição de vagas imediatas. Seria interessante o banco informar como está definindo isso, e com que previsão trabalha”, assinalou.
 
A historiadora Dulcien Martins, de 36 anos, também estuda para ingressar no banco. Ela contou que ter essas novas informações ajudaria muito na preparação. “Saber quantas vagas serão oferecidas e quando o edital sairá, certamente é importante, pois aquietaria os nossos corações e ajudaria também em um planejamento de estudo melhor. A divulgação de que o banco oferecerá vagas imediatas, no entanto, nos obriga a intensificar os estudos”, pontuou.
 
Edital neste semestre - O Banco do Brasil e a Fundação Cesgranrio, organizadora, têm se reunido constantemente para definir o cronograma do concurso de escriturário e a oferta de vagas. A previsão é divulgar o edital em maio ou julho, três ou quatro meses antes de o prazo de validade do concurso anterior expirar, o que ocorrerá em 26 de setembro.

Segundo fonte ligada ao BB, representantes do banco e da Fundação Cesgranrio (organizadora) já estão realizando reuniões para discutir o concurso. A estrutura e o programa da seleção estão definidos, já que deverão ser os mesmos do concurso em andamento para 15 estados. Haverá prova objetiva, composta por 70 questões, além de uma redação. O cargo de escriturário exige o nível médio e tem rendimento inicial de R$3.280, somando salário-base de R$2.227,26, ajuda-alimentação de R$572, vale-refeição de R$431,16 e vale-cultura de R$50.

Os funcionários do BB têm direito ainda a ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados, vale-transporte, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica (planos de saúde), previdência privada e participação no Programa de Qualidade de Vida no Trabalho. Além do Rio, a seleção será destinada ao Amazonas (parte do estado), Espírito Santo, Minas Gerais (parte), Rio Grande do Sul e Santa Catarina (parte). O BB contrata pelo regime celetista.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações