Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Casos de Sucesso: 'concurso fácil é aquele que a gente não faz'

Resumo: Depois de muitos "quase", chegou a hora da vitória. É assim que Pedro Guimarães, nomeado no último concurso do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, define sua trajetória.


Depois de muitos "quases", chegou a hora da vitória. É assim que Pedro Guimarães, nomeado no último concurso do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, define sua trajetória de concurseiro. 
 
Pedro Guimarães, psicólogo no Colégio Pedro II
 
O psicólogo já prestou mais de 10 concursos na sua área, foi aprovado em quatro e nomeado em dois. Mas conta que, até obter sucesso, muitas vezes "bateu na trave". 
 
Nos concursos do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (2014) e do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (2017), por exemplo, foi classificado em terceiro e quarto lugares, respectivamente. No entanto, não foi o suficiente para ser convocado. 
 
Confira outras histórias de sucesso:
 
Desde seu primeiro concurso até hoje, Pedro já soma quatro anos buscando oportunidades no serviço público. Durante esse tempo persistiu e superou muitos insucessos até que foi chamado pela primeira vez, em um concurso municipal. 
 
Mesmo tendo alcançado a primeira vaga, ele não parou. Retornou aos estudos e prestou novos concursos a fim de expandir seus horizontes. Entre as tentativas de Pedro estão muitas prefeituras, tribunais e universidades, além do Colégio Pedro II.  

CP II: nova oportunidade de crescimento 

Pedro viu no concurso Colégio Pedro II uma boa oportunidade para trabalhar em um lugar que tinha significado para ele e com um bom plano de carreira. Mas, a concorrência para a vaga de psicólogo no colégio não foi fácil. O servidor precisou abdicar de muitas horas de lazer, além de conciliar a rotina árdua de estudos com as suas responsabilidades de casa e de trabalho. 
 
 
A solução para conseguir dar conta de tudo foi organizar seus horários e seguir a rotina com muita disciplina. Durante a semana mantinha uma grade rígida, que somava trabalho e estudos, aproveitando cada tempo livre para repassar a matéria, mesmo à noite, quando chegava cansado. 
 
"E no fim de semana eu descansava religiosamente. Fora isso, procurava dormir bem e corria, pelo menos, três vezes na semana", conta Pedro.
 
Ainda que já tivesse estudado muitas das matérias em concursos anteriores, Pedro procurou a ajuda de um curso preparatório para dar ainda mais gás na preparação. Ele escolheu o curso Estudo Dirigido PSI e optou por estudar a distância, já que a opção se adequava melhor à seu estilo de vida e rotina. 
 
A dinâmica era assistir a aula, fazer um resumo ou mapa mental e revisar de vez em quando. Na reta final, conta que se dedicou a resolver muitas questões.   
 

Apoio familiar foi diferencial na preparação de Pedro

Na sua preparação, Pedro destaca um aspecto que foi determinante para seu sucesso: o apoio da família e de seus amigos. Dentre aqueles que o cercam, ele destaca sua esposa, que também é concursada. Segundo ele, ambos dividem as responsabilidades de casa para que possam se dedicar a preparação dos concursos.
 
"Mais do que as palavras de incentivo, ela foi o apoio prático. Por ser da área jurídica, tirava as minhas dúvidas de legislação. Ela teve uma parcela enorme de contribuição pra essa aprovação."
 
Agora, depois de todos o sacrifícios, Pedro curte seus primeiros dias no novo emprego. Já começou a trabalhar no Pedro II e diz que foi muito bem recebido. Para aqueles que também já tentaram muitas vezes, mas ainda não alcançaram seus objetivos, ele deixa uma mensagem: tudo é possível de se alcançar, basta estar disposto a suar a camisa.  
 
"Acredito que concurso fácil é aquele que a gente não faz ou faz sem compromisso. Quando decidimos apostar em uma oportunidade, é preciso mergulhar de cabeça. Tem hora que a gente cansa, desanima, não rende. Mas é preciso atravessar todos esses momentos e continuar."

Prepare-se você também para ser aprovado como Pedro

Ser aprovado é sua meta do ano? Comfira a seguir dicas de preparação para concursos públicos.

Por: Tamires silva - [email protected]

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações