Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso Sedu-ES: sai edital com 1.025 vagas

Concurso Sedu-ES: sai edital com 1.025 vagas

Resumo: A Secretaria de Educação do Espírito Santo divulgou o edital do concurso Sedu-ES para 1.025 vagas de professor e pedagogo.


Matéria atualizada em 12/01/2018, às 14h56
 
Conforme antecipado pela FOLHA DIRIGIDA, foi divulgado nesta sexta-feira, 12, o edital do concurso Sedu-ES. São oferecidas 1.025 vagas para os cargos de professor e pedagogo. Os salários variam de R$1.982,55 a R$ 3.554,92. Os servidores cumprirão jornada de 25 horas semanais.
 
Os interessados devem ficar atentos ao calendário, pois o prazo para inscrição começa no dia 15 de janeiro. Candidatos de baixa renda poderão solicitar isenção do valor da taxa, que custa R$66,65. O concurso consistirá em três etapas, sendo elas provas objetiva, discursiva e avaliação de títulos. As etapas poderão ser classificatória ou eliminatória. Para ser habilitado para a fase seguinte, é necessário ser classificado na etapa anterior.
 
Baixe o edital do concurso Sedu-ES
baixe o edital do concurso Sedu-ES
 
A distribuição das vagas foi feita por área e munícipio para lotação. Poderão concorrer candidatos especializados nas diversas disciplinas do currículo básico, entre elas Língua Portuguesa, Matemática, Biologia e Geografia. Confira a relação completa:

Disciplina Nº de vagas
Arte 58
Biologia/Ciências 108
Educação Física 73
Espanhol 1
Filosofia 3
Física 67
Geografia 117
História 58
Língua Inglesa 10
Língua Portuguesa 170
Matemática 227
Química 44
Sociologia 2

Concurso Sedu-ES terá lotação diversos municípios

Além das vagas por especialidades, o edital também traz a lotação dos aprovados. Serão 78 munícipios contemplados, abrangendo também a Região Metropolitana do Estado. Confira:

 Afonso Cláudio (20 vagas);
Água Doce do Norte (11 vagas);
Águia Branca (03 vagas);
Alegre (16 vagas);
Alfredo Chaves (04 vagas);
Alto Rio Novo (04 vagas);
Anchieta (04 vagas);
Apiacá (01 vaga),
Aracruz (33 vagas);
Atílio Vivácqua (01 vaga);
Baixo Guandu (06 vagas);
Barra de São Francisco (11 vagas);
Boa Esperança (07 vagas);
Bom jesus do Norte (01 vaga),
Brejetuba (13 vagas);
Cachoeiro de Itapemirim (40 vagas);
Cariacica (180 vagas);
Castelo (02 vagas);
Colatina (24 vagas);
Conceição da Barra (09 vagas);
Conceição do Castelo (03 vagas);
Divino de São Lourenco (04 vaga);
Domingos Martins (05 vagas);
Dores do Rio Preto (02 vagas);
Ecoporanga (26 vagas);
Fundão (04 vagas);
Governador Lindenberg (07 vagas);
Guaçuí (05 vagas);
Guarapari (25 vagas);
Ibatiba (04 vagas);
Ibiraçu (05 vagas);
Ibitirama (04 vaga);
Iconha (05 vagas);
Irupi (07 vagas);
Itaguaçu (04 vagas);
Itapemirim (05 vagas);
Itarana (04 vagas);
Iúna (05 vagas);
Jaguaré (03 vagas);
Jerônimo Monteiro (05 vagas);
João Neiva (02 vaga);
Laranja da Terra (02 vagas);
Linhares (51 vagas);
Mantenópolis (06 vagas);
Marataízes (01 vagas);
Marechal Floriano (03 vagas);
Marilândia (06 vagas);
Mimoso do Sul (01 vagas);
Montanha (07 vagas);
Mucurici (04 vagas);
Muniz Freire (04 vagas);
Muqui (05 vagas);
Nova Venécia (07 vagas);
Pancas (09 vagas);
Pedro Canário (14 vagas);
Pinheiros (07 vagas);
Piúma (02 vagas);
Ponto Belo (04 vagas);
Presidente Kennedy (03 vagas);
Rio Bananal (05 vagas);
Rio Novo do Sul (08 vagas);
Santa Leopoldina (03 vagas);
Santa Maria de Jetibá (19 vagas);
Santa Teresa (08 vagas);
São Domingos do Norte (09 vagas);
São Gabriel da Palha (01 vaga);
São José do Calçado (01 vaga);
São Mateus (12 vagas);
São Roque do Canãa (05 vagas);
Serra (187 vagas);
Sooretama (10 vagas);
Vargem Alta (01 vaga);
Venda Nova do Imigrante (02 vagas);
Viana (27 vagas);
Vila Pavão (01 vaga);
Vila Valério (04 vagas);
Vila Velha (45 vagas);
Vitória (17 vagas).
 
Os salários variam de acordo com a titulação. Os servidores aprovados poderão receber de R$2.120 a R$3.692, de acordo com a qualificação. Todos cumprirão jornadas de 25 horas e contarão com o benefício do auxílio-alimentação no valor de R$137,50.

Licenciatura R$2.120,05
Pós-Graduação R$2.256,78
Mestrado R$2.872,07
Doutorado R$3.692,42
 

Inscrições do concurso Sedu-ES abrem no dia 15 de janeiro

As inscrições serão aceitas a partir das 10h do dia 15 de janeiro e ficarão disponíveis até as 14h de 5 de fevereiro. O candidato deve acessar o site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, e preencher o formulário com as principais vagas.
 
A taxa para concorrer no concurso Sedu-ES custa R$66,65, podendo ser paga até 6 de fevereiro. O valor deve ser impresso até o último dia do prazo e pode ser quitado em qualquer agência bancária. 
 
 
Candidatos inscritos no programa CadÚnico do governo e de baixa renda poderão solicitar isenção do valor. As informações deverão ser comprovadas para que a solicitação seja deferida. O prazo para solicitar a isenção será até 19 de janeiro, com o resultado sendo divulgado no dia 24 do mesmo mês.
 
Após a divulgação do resultado dos pedidos de isenção, os candidatos com a solicitação indeferida ainda poderão concorrer no concurso. Para isso, é necessário quitar o valor da taxa até o prazo limite.
 
Fachada Sedu-ES
Secretaria de Educação do Espírito Santo oferece mais de
mil vagas em novo concurso. (Foto: Divulgação)

Concurso Sedu-ES terá provas em 18 de março

A seleção será composta por três etapas, sendo elas prova objetiva, discursiva e avaliação de títulos. A prova objetiva será constituída por conteúdos de conhecimentos básicos e específicos, com caráter eliminatório e classificatório.
 
A prova objetiva será realizada no dia 18 de março, no turno da manhã. Os candidatos deverão optar pelas cidades de Vitória, Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, Linhares, São Mateus e Vila Velha. O edital de convocação com o endereço dos locais será divulgado no site da Fundação Carlos Chagas.
 
 
O exame terá duração de cinco horas para todos os cargos, contendo 70 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos e 40 de conhecimentos específicos. No primeiro bloco, serão cobradas:
 
Conhecimentos Básicos
- Língua Portuguesa
- Conhecimentos Pedagógicos
- Conhecimentos Básicos de Informática 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE

PLAYLIST

Reprodução automática

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


 
Para ser aprovado o candidato deverá obter, no mínimo, 30% de acertos em cada uma das provas (conhecimentos básicos e específicos). Além disso, é necessário ter obtido, no mínimo, 50% de aproveitamento na soma das duas provas.

Prova discursiva do concurso Sedu-ES será um estudo de caso

A prova discursiva do concurso será realizada na mesma data da prova objetiva. No entanto, somente serão corrigidas as avaliações dos candidatos habilitados dentro do critério de aprovação e respeitando a estimativa de correções por disciplina e munícipio.
 
 
Os candidatos farão um estudo de caso, que será uma questão sobre conteúdo de conhecimentos pedagógicos e outra sobre conhecimentos específicos, de acordo com o programa do concurso. A prova terá caráter eliminatório e classificatório, sendo avaliada de zero a 50 pontos, sendo habilitado aquele que obtiver, no mínimo 25 pontos no somatório.

Avaliação de títulos do concurso Sedu-ES será classificatória

O concurso Sedu-ES terá ainda avaliação de títulos como a fase final, de caráter apenas classificatório. Somente quem for considerado aprovado na etapa discursiva terá os títulos avaliados, além dos documentos de comprovação. Serão considerados títulos de doutorado, mestrado e pós-graduação.
 
É importante se atentar no momento do envio da documentação. Cada título somente será considerado uma única vez, não acumulando a pontuação. Os títulos devem ser enviados de 19 a 21 de março, autenticados e por meio de Sedex para o endereço da organizadora. 



 
O objetivo do concurso, segundo o governador Paulo Hartung, é substituir temporários por servidores efetivos. O concurso da Secretaria de Educação do Espírito Santo tem prazo de validade de dois anos podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Prepare-se para o concurso Sedu-ES com materiais de estudo

Com a publicação do edital, os estudos devem ser intensificados. São menos de três meses para a realização da primeira etapa do concurso, que serão as provas objetiva e discursiva. Portanto, se você sonha em ser aprovado, comece já a sua preparação com as dicas que a FOLHA DIRIGIDA preparou especialmente para você.

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações