Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Os principais focos das propostas de Loureiro são a Saúde, Educação e Infraestrutura de Florianópolis


O atual concorrente à Prefeitura de Florianópolis pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Gean Marques Loureiro, é formado em Direito e Administração, estreante em disputas majoritárias e completa 20 anos de mandato parlamentar em 2012. Iniciou sua carreira política filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) e depois voltou ao PMDB na chapa do então prefeito de Florianópolis, Dário Elias Berger. Disputou duas vezes as eleições estaduais (1994 e 1998) a uma vaga na Assembléia Legislativa, e uma vez a Câmara dos Deputados em Brasília, em 2010. Gean Loureiro foi também secretário municipal na administração da atual gestão da cidade.

Em entrevista realizada pela FOLHA DIRIGIDA, o candidato expôs algumas de suas propostas, que têm enfoque nas áreas da Saúde, Educação, Infraestrutura e na criação de concursos públicos em todas as áreas de servidores da capital. "Pretendemos continuar o investimento de uma forma geral, mas com um foco maior nas áreas da Saúde, Educação e Infraestrutura. Na Saúde, primeiramente, vamos permanecer com a política das Unidades de Pronto Atendimento, construindo a UPA do Centro da Cidade e o Pronto Atendimento Infantil, além da Policlínica da Lagoa da Conceição, fechando todas as áreas da capital, já que só temos o Norte, o Sul, o Continente e a Região Central", disse Loureiro, completando: "Entrando no âmbito da Educação de Florianópolis, já temos um financiamento assegurado de 120 milhões, que serão utilizados em 2013. Com essa quantia, queremos construir mais 23 creches com 4 mil vagas, quatro escolas e o Centro de Inovação em Educação Básica, que atenderá o contraturno das escolas."

O candidato também disse que Florianópolis já possui mais de 1.800 servidores da Educação concursados e que pretende ampliar esse número no quadro efetivo com a realização de novos concursos públicos. Ao ser perguntado sobre a infraestrutura, o candidato do PMDB priorizou a iniciativa de criação e pavimentação de vias, facilitando muito a mobilidade de todos os moradores da capital catarinense. "As ideias na questão da infraestrutura são a pavimentação das 800 ruas que ainda não estão adequadas, prejudicando a mobilidade, além das construções do elevado do Rio Tavares, no sul da Ilha e do elevado do Córrego Grande, na região de Trindade", pontuou.

Na Saúde, Loureiro disse que o número de servidores, atualmente, atende às demandas. Mas, com a criação das Unidades de Pronto Atendimento e outros projetos, é de extrema importância e necessidade a realização de concursos públicos para cobrir o quantitativo que será exigido. "A nossa gestão do PMDB, que atualmente governa Florianópolis com Dário Elias Berger, multiplicou em cinco vezes o número de servidores. Dos 500 que tínhamos antigamente, hoje são quase 2.500. Com a criação das Unidades de Pronto Atendimento, do Pronto Atendimento Infantil e da Policlínica da Lagoa da Conceição, mais de 600 cargos públicos serão gerados, o que nos obriga a realizar concursos públicos e processos seletivos para admissão desses novos servidores da saúde", finalizou.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações