Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Fortaleza decidirá entre os candidatos do PT e PSB para assumir a prefeitura


Mais de 1,3 milhão de eleitores foram as urnas no último domingo domingo (7) para decidirem o futuro prefeito de Fortaleza. Após meses de intensa campanha, só havia uma definição: as eleições seriam decididas no segundo turno. Porém, quatro candidatos apontavam com chances reais de disputarem o cargo de prefeito da capital cearense no dia 28 de outubro.
 
Com 100% das urnas apuradas, Elmano de Freitas, do PT, contabilizou 25,44% dos votos. Em segundo lugar ficou o candidato pela coligação Para Renovar Fortaleza, Roberto Claudio, do PSB, com 23,32%. O candidato Moroni Torgan, do DEM, que ficou a frente das pesquisas durante grande parte da disputa eleitoral, teve que se contentar com o quarto lugar, atrás do candidato do PDT, Heitor Férrer.
 
Candidato apoiado pela atual gestão, Elmano de Freitas pretende dar continuidade ao programa “Fortaleza Alfabetizada”, iniciado por ele quando era Secretário de Educação. “Nós estamos com 6,9% (taxa de analfabetos) e queremos, no nosso governo, nos aproximar de zero."
 
Já Roberto Claudio, candidato apoiado pelo governador Cid Gomes promete criar o "Plano de Desenvolvimento do Serviço Público Municipal". "Através de um diagnóstico inicial, traçaremos uma
proposta de realização de concursos, qualificação, valorização e remuneração dos nossos funcionários. Nossa meta é ter um serviço público eficiente e ágil", disse.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações