Entrar Assine

Notícia principal

Concurso INSS: Falta de pessoal pode gerar o fechamento de agências, alerta Anasps

Concurso INSS: Falta de pessoal pode gerar o fechamento de agências, alerta Anasps


A Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps) alerta que, se até o final do ano, o governo não tomar providências para aumentar o efetivo do INSS, agências e postos da autarquia poderão ser fechados. Um novo concurso INSS, portanto, é, na visão da Anasps, inevitável, devendo acontecer o mais rápido possível, já que o último, ainda válido, não surprirá todo o déficit, hoje superior a 10 mil servidores em todo o país.
 
 
Vice-presidente Executivo da Anasps, Paulo César Régis de Souza se mostra preocupado com o atual cenário do INSS. "Tendo em vista o grande número de aposentadorias é urgente que o governo tome uma providência para suprir a falta desses servidores. Antes da possibilidade da mudança nas regras do sistema previdenciário, o INSS já estava com uma defasagem de 11 mil servidores para 1.500 agências e postos da Previdência Social em todo o país. Se até o final do ano não forem tomadas providências em relação a reposição desses servidores, teremos um caos no Brasil com vários postos fechados."
 
 
 
Paulo César Régis de Souza destacou ainda que, apesar do cenário de restrições, o INSS precisa ser exceção e prioridade do governo, tendo um concurso público autorizado ainda este ano.
 
"Apesar das restrições quanto a concursos, temos que ressaltar que isso não deveria ser aplicado para o instituto, já que é um serviço essencial e de utilidade pública. O INSS deve encontrar um mecanismo, pois a Anasps não concorda com terceirização. Portanto, é urgente a volta do Ministério da Previdência Social para que tenhamos um ministro próximo ao presidente da República reivindicando essa necessidade."
Por: Gustavo Portella - [email protected]

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações