Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Reveja a prova de técnico, com gabarito extraoficial


Chegou a hora de conferir seu desempenho! Os 1.043.807 inscritos no concurso para técnico do INSS já podem avaliar como se saíram nas provas, aplicadas na tarde deste domingo, dia 15 de maio. Será aprovado quem conseguir, pelo menos, dez pontos em Conhecimentos Básicos, 21 em Conhecimentos Específicos e 36 na soma das duas matérias. O gabarito preliminar será divulgado às 19h de terça, 17. Quem discordar, poderá recorrer, no site do Cebraspe, entre os dias 18 e 20. O resultado das provas está previsto para 20 de junho. Das 950 vagas, 800 são de técnico (nível médio e R$5.344,87) e 150 de analista (graduados em Serviço Social e R$7.954,09).
 
Em parceira com o Curso Multiplus, a FOLHA DIRIGIDA Online disponibiliza gabarito extraoficial de técnico do INSS. O vídeo pode ser assistido no player logo abaixo. IMPORTANTE: o modelo de prova de técnico utilizado como base na correção do Multiplus é o ALGA, que também pode ser baixado no anexo abaixo. Em outro anexo, também publicado abaixo, CONFIRA O GABARITO EXTRAOFICIAL elaborado pelos professores da Degrau Cultural. E ainda outro gabarito da mesma prova, feito pela equipe do Multiplus.
 
Serviço
 
 
 
 
INSS: candidatos fazem as provas para sonhos tornarem-se reais

Este domingo, dia 15, não marcou apenas a disputa dos 1.087.789 candidatos pelas 950 vagas do INSS, mas também a luta por diferentes e grandes sonhos. Entre eles o da casa própria, da formação de uma família e da estabilidade empregatícia para mantê-la nos próximos anos. Esse é o desejo do engenheiro químico Diego Aquino, 28 anos, que disputa uma vaga de técnico, de nível médio, em Salvador, na Bahia, onde mora sua namorada. Diego foi um dos candidatos que fizeram a prova objetiva na Universidade Veiga de Almeida (UVA), na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele e os demais concorrentes terão acesso ao gabarito preliminar oficial da avaliação às 19h da próxima terça-feira, dia 17. Antes disso, porém, a FOLHA DIRIGIDA Online divulgará, a partir das 18h30 deste domingo, 15, o gabarito extraoficial (entenda AQUI). O resultado das avaliações está previsto para 20 de junho.

Será aprovado na objetiva quem conseguir, pelo menos, dez pontos em Conhecimentos Básicos, 21 em Conhecimentos Específicos e 36 na soma das duas matérias. Diego Aquino contou como se preparou: “estudei cerca de seis horas diárias por cerca de cinco meses. Como quero constituir uma família, ter uma casa própria e a tranquilidade de ter um plano de médio a longo prazo na minha vida, esse é um passo importante.” A administradora Elisangela Bulau, 35 anos, concorre a uma vaga de técnico no Paraná e sonha com a casa própria. “Estudei por cerca de dois anos, desde o pedido do concurso. Eram de quatro a cinco horas diárias. Entre os sonhos está o de ter a minha casa”, disse.

O desejo da pedagoga Liliane Araújo, 30, é o de ajudar a família, caso conquiste a aprovação: “os meus sonhos são conquistar os meus objetivos pessoais, como o de dar uma assistência melhor à família, e profissionais, de fazer parte de uma entidade governamental no âmbito federal. Estudei cerca de duas horas diárias, pois tive que conciliar com o trabalho. Fiz também curso online e presencial”, contou ela que é de São Pedro D’Aldeia, no interior do Rio e disputa uma vaga em Fortaleza, por possuir parentes na cidade cearense.
 
Atrasados perdem o exame - Na UVA, os portões foram fechados às 14h10, pois, segundo profissionais do Cebraspe (antigo Cespe/UnB), responsáveis pelo fechamento, foi dada uma tolerância de dez minutos. O local teve três candidatos atrasados que perderam a prova. Uma foi Ana Luiza Valos, 18 anos, de Campo Grande, no Rio: eu vim de carro, mas me perdi”, justificou. Enquanto os concorrentes enfrentavam as três horas e meia de prova, para responder 120 questões, parentes aguardavam, com apreensão, do lado de fora. Mãe da candidata Juliana Medeiros, Delisete Medeiros, 55, apoiou a filha durante toda a preparação. “Ela está concorrendo para Sorocaba, em São Paulo. Ficamos aqui torcendo, pois é uma oportunidade muito boa. Ela é lutadora, estuda bastante e estamos na expectativa”, disse. Outra ‘mamãe’ era Isabel França, que esperava Isabella Gomes, 18. “Lá dentro passa rapidinho, mas para nós aqui não e fácil. Estou contando os minutos.”

Direito Previdenciário mais difícil – Na saída da prova, a maioria dos candidatos enxergou maior dificuldade em Conhecimentos Específicos (Direito Previdenciário), que teve 70 questões, a maior reserva da avaliação. O estudante de Tecnologia da Informação (TI), Flávio Rocha, 28, viu também muitas ‘pegadinhas’. “Tinha bastante pegadinhas e conteúdos muito específicos, seguindo o programa cobrado no edital. Quem não estudou, na minha visão, ficou de fora. A banca foi justa nesse aspecto. Direito Previdenciário foi o mais complicado”, avaliou.
 
A pedagoga Simone Andrade, 41, também achou a parte específica mais difícil: “a prova não estava complicada, mas tinha muitas pegadinhas. Das 120 questões, preenchi 90. Direito Previdenciário era a mais difícil.” Após horas de espera, Isabella Gomes, 18, deixou o local de prova e encontrou a mãe Isabel França. Ela disse que os procedimentos de segurança foram seguidos corretamente pelo Cebraspe na UVA. Diferente da maioria, Isabella foi bem em Direito Previdenciário. “Não fiquei muito tranquila em Raciocínio Lógico, mas vamos ver... Em relação à segurança do concurso, estava tudo dentro do previsto.” Das 950 vagas do INSS, 800 são de técnico (nível médio e R$5.344,87) e 150 de analista (graduados em Serviço Social e R$7.954,09). Dos 1.087.789 de concorrentes, 1.043.807 disputam uma vaga de técnico e 43.982 de analista. O número de faltosos nas provas ainda não foi informado.

 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações