Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso MP-SP fica para 2018. Edital precisa de ajustes

Concurso MP-SP fica para 2018. Edital precisa de ajustes

Resumo: O concurso MP-SP depende de ajustes finais para divulgar o edital. Por isso, o concurso ficará para 2018.


A divulgação do edital do concurso MP-SP para cargos de auxiliar e analista acontecerá somente em 2018. Segundo informações desta quarta-feira, 6, do Centro de Recursos Humanos (CRH) do Ministério Público de São Paulo, o documento ainda passará por alguns ajustes e não será liberado para publicação antes do período de recesso.
 
 
Segundo o CRH, que acompanha a seleção junto com a organizadora, o MP-SP entrará de recesso a partir do dia 20 de dezembro e só retomará os trabalhos no dia 8 de janeiro. Com o atraso na divulgação do edital, o cronograma precisará ser revisto.

Vunesp afirma que edital pode ser publicado a qualquer momento

Ministério Público de São Paulo
Edital do concurso MP-SP depende de
ajustes finais para sair (Foto: Divulgação)
FOLHA DIRIGIDA entrou em contato com a Vunesp, organizadora do concurso. Segundo informações obtidas com a assessoria, os técnicos que cuidam do concurso já finalizaram as suas demandas quanto ao edital e ele pode ser publicado a qualquer momento. Entende-se, portanto, que só depende do MP-SP para que o edital seja publicado.
 
 
A previsão inicial do MP-SP era divulgar o edital do concurso em setembro, e depois até os primeiros 15 dias de novembro, mas precisou postergar este prazo para dezembro. No entanto, a adminsitração viu que o tempo é insuficiente para concluir todas as pendências.
 
Embora tenha precisado que o edital ficará para 2018, o CRH do Ministério Público informou que não é possível cravar um prazo específico. O documento encontra-se em fase de finalização. A expectativa é que possa ser publicado em janeiro.

Diretor geral do MP-SP explica motivos no atraso do edital

O diretor geral do Ministério Público, Ricardo Leonel, em entrevista recente à FOLHA DIRIGIDA, disse que o planejamento é divulgar o edital o mais rápido possível. Segundo ele, as pendências agora são administrativas, questões referentes à programação e finalização de regulamento, além da montagem de comissão de acompanhamento.
 
 
"Mas, lembrando que os setores que cuidam dessas pendências, especialmente o CRH e a nossa área de atividades complementares, não cuidam apenas desta atividades", disse o diretor do MP-SP. Esse pode ser mais um fator que esteja atrasando a divulgação das regras do concurso MP-SP.
 
A seleção do MP-SP deverá contar com, pelo menos, 37 vagas imediatas além de formação de cadastro de reserva. São 28 vagas para o cargo de auxiliar de promotoria I (nível fundamental) e nove para analista técnico científico (nível superior), com salários de R$3.575,13 e R$12.875,55, respectivamente. Os dois cargos contam com auxílio-alimentação de R$710.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações