Entrar Assine

Notícia principal

Concurso PRF 2017/2018: para especialista, momento de começar estudos é agora

Concurso PRF 2017/2018: para especialista, momento de começar estudos é agora

Resumo: Policial rodoviário e professor de Legislação de Trânsito, Leandro Macedo afirma que candidatos que se preparam para o concurso da PRF podem ter em perspectiva uma das maiores seleções do órgão.


Os candidatos que se preparam para o concurso da PRF podem ter em perspectiva uma das maiores seleções do órgão. Policial rodoviário e professor de Legislação de Trânsito, Leandro Macedo lembrou que, com a possibilidade de serem ofertadas até 2.778 vagas, a nova seleção poderá superar a de 2004, que foi para 2.200 vagas.
 
Professor Leandro Macedo
Professor Leandro Macedo
E na avaliação do especialista, as mudanças no concurso não devem parar por aí. Para ele, o conteúdo pode ser alterado, mas sem mexer no programa geral. "Eu acredito que haverá uma reestruturação do conteúdo, mas sem inclusão ou retirada de disciplina", opina.
 
Por conta disso e da presença constante da atividade no cotidiano do órgão, ele discorda, por exemplo, de que a disciplina de Física Aplicada à Perícia possa ser retirada das provas, com alguns acreditam.
 
"A tendência é haver uma ampliação do conteúdo ou questões de um nível um pouco maior", explica, lembrando que a disciplina exigiu aplicações de fórmulas nas últimas seleções.
 
Entre as demais matérias, Macedo acredita que Matemática se adeque aos demais concursos de nível superior, exigindo raciocínio lógico-matemático do candidato. A redação oficial, retirada da seleção, é uma das apostas de retorno do professor.

Professor acredita em provas daqui a nove meses

Para ele, o momento atual, em que o concurso ainda aguarda autorização, é o ideal para que o candidato treine as disciplinas de difícil assimilação, para solidificá-las até o exame. "Devemos estar a cerca de nove meses da prova", especula, levando em conta intervalos entre autorização, divulgação de edital e aplicação da prova.
 
Segundo o professor, os candidatos costumam acreditar que terão facilidade em Português, Matemática, Física e Informática por já terem contato com as disciplinas no ensino médio, assim como subestimam Legislação de Trânsito, pela facilidade de aprendizado.
 
Ele alerta que essas impressões podem estar erradas e o concurseiro pode não ter mais tempo de revê-las a tempo da prova. Após fortificar os conhecimentos nelas, o ideal é partir para as matérias de Direito.
 
Vai participar da seleção da PRF? Confira matéria especial com tudo o que você precisa saber sobre o concurso!

Resoluções do Contran somente após o edital

Sobre Legislação de Trânsito, conteúdo integrante da disciplina Legislação Relativa ao Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Macedo afirma que, apesar da grande probabilidade de as resoluções do Contran aparecerem na prova, não é proveitoso para o candidato estudá-las antes do edital, já que há mais de 600 delas.
 
Policial rodoviário fiscaliza velocidade de automóveis na estrada
Para especialsta, concurso da PRF terá provas
daqui a nove meses, aproximadamente
"Não acho saudável estudar no escuro", explica. Entre outros conteúdos, a recomendação do professor é estudar os decretos 1.655/95 e sobre a estrutura regimental do Ministério da Justiça, que tratam das atribuições do policial rodoviário. Ele também chama atenção para a Lei 9.654/98, sobre a carreira da função. "É uma lei demasiadamente pequena que vale a pena o aluno dar uma lida", justifica.
 
Com relação à oferta do concurso, é provável, na visão do professor, que haja vagas diretamente destinadas ao estado do Rio de Janeiro, apesar do nível nacional da seleção. Segundo Leandro, há necessidade de cerca de 400 policiais rodoviários no estado e um provável concurso de remoção não supriria esse quantitativo.
 
De acordo com ele, há apenas cerca de 190 policiais cariocas fora do estado que desejam retornar. "Imagino que tenha, pelo menos, 200 vagas iniciais para o Rio de Janeiro", aposta.
 
Por: Vitor - [email protected]

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações