Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

\"Nova política é fazer a diferença na vida das pessoas\", acredita Manuela D'Ávila


Com propostas inovadoras e buscando recuperar a referência na qualidade de vida em Porto Alegre, a jornalista Manuela D'Ávila do PCdoB é candidata pela segunda vez à Prefeitura de Porto Alegre. Uma das pioneiras do uso das redes sociais para facilitar o diálogo com a população, sua aposta é no uso das tecnologias para solucionar muitos problemas da cidade.
 
"Quero que Porto Alegre se reposicione estrategicamente e tenha um papel importante no momento positivo que vive o Brasil. Na cidade, quero construir um novo ciclo, o ciclo das soluções inteligentes para os antigos problemas", disse Manuela em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, que completou: "Nova política é fazer a diferença na vida das pessoas. Fazer o que precisa ser feito para atender às demandas da população, observando experiências bem sucedidas em outras gestões, potencializando nossa indústria criativa, incentivando os jovens empreendedores e aplicando ideias não necessariamente novas, mas eficientes e efetivamente resolutivas, que promovam o desenvolvimento da cidade e de cada cidadão."
 
Na estrutura física da cidade, o projeto é iluminar as praças e os parques, padronizar o mobiliário urbano, por exemplo, com paradas de ônibus com mais conforto. No trânsito, a solução seria integrar os diferentes meios, investindo no transporte público de alta qualidade, como o BRT, metrô e aeromóvel. Além disso, está em projeto a implementação dos veículos leves sobre trilhos (VLTs), que são mais baratos e sustentáveis.
 
Na área de Saúde, a candidata, a fim de reduzir a fila de espera nos postos, pretende informatizar o sistema, inserindo o prontuário eletrônico e o cartão do usuário. Manuela pretende ampliar para 300 o número de equipes de Saúde da Família, medida que liberará o médico para consultas mais individuas e específicas. Para a Educação, uma de suas apostas é modernizar o projeto pedagógico.
 
"Precisamos de um projeto pedagógico voltado para o século XXI. Vamos enfrentar o desafio da qualidade em parceria com os profissionais da Educação, investindo em qualificação, infraestrutura e motivando os professores da rede. Meu compromisso é a inovação. Sei da importância de inserir a tecnologia no processo de ensino, por isso, vamos avançar na informatização das escolas municipais e distribuir um tablet por aluno e professor do Ensino Fundamental", disse Manuela, que pretende criar mais 23 mil vagas em creches e pré-escolas. Na Segurança Pública a candidata do PCdoB pretende seguir o exemplo de São Paulo e reforçar o policiamento da cidade com convêncio entre a prefeitura e o estado, comprando horas adicionais de trabalho de brigadianos.
 
Já em relação às inúmeras greves de servidores que vêm acontecendo em diversos lugares pelo país, Manuela criticou o atual governo. "Vamos governar Porto Alegre aproveitando a inteligência dos técnicos da cidade em parceria com os funcionários da prefeitura. Vamos priorizar o plano de carreira, buscando isonomia e encerrar o ciclo de assédio moral que vigora na prefeitura. Melhoraremos as condições de trabalho, inserindo tecnologia nos processos, dando ferramentas ao servidor", disse.
 
A candidata presidiu a frente parlamentar do esporte, logo, o assunto Copa do Mundo é bem próximo à ela. O projeto é que sejam investimentos permanentes, assumindo o compromisso na melhoria da qualidade de vida dos porto-alegrenses: "Cidade que garante o bem- estar do cidadão também é acolhedora para o turista", finalizou. 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações