Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Não marque bobeira! Evite cair nas 6 armadilhas do estudo online para concursos

Não marque bobeira! Evite cair nas 6 armadilhas do estudo online para concursos

Resumo: De forma presencial ou no modelo a distância, para quem busca aprovação num concurso, o importante mesmo é estudar, afirma a pedagoga.


Não é novidade para ninguém que o método de aprendizagem online, inclusive na preparação para concursos, apresenta peculiaridades e algumas vantagens em relação ao modelo presencial. Contudo, há riscos inerentes à Educação a Distância, que precisam ser pesados e evitados antes de você optar pelo ensino mediado pelas tecnologias. Esse cuidado foi o que inspirou Josemary Morastoni (foto), professora e coordenadora da Graduação em Pedagogia da Universidade Positivo, a escrever o artigo 'Seis erros de quem estuda online' - que pode ser lido logo abaixo.
 
À luz do artigo, em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, a especialista falou sobre o outro lado da EAD. Mais precisamente, sobre seus aspectos positivos. "Os grandes benefícios do estudo online para os concurseiros são a liberdade de organizar sua vida pessoal, de forma atrelada às suas necessidades de estudo. Pode-se ir ampliando os estudos ou reduzindo, utilizando sua autonomia e organizando sua vida. Acho isso fundamental, pois ele tem total domínio sobre sua rotina". 
 
Josemary MarastoniOnde moram as vantagens, residem também os riscos. "Isso também pode ser um dificultador, caso a pessoa não seja disciplinada e não tenha clareza de quanto tempo necessita para os estudos das diferentes áreas e conteúdos. O concurseiro precisa se conhecer verdadeiramente para que realmente seus estudos online tenham o sucesso esperado".
 
De forma presencial ou no modelo a distância, o importante mesmo é estudar, afirma a pedagoga. E, nessa viagem, marcada por dedicação, sacrifício e cobranças, tudo fica bem mais leve quando se está acompanhado. 
 
"Estudar para concurso é um momento difícil e uma batalha solitária. Penso que existem muitos momentos do concurseiro com ele mesmo. A dedicação, o estudo, tudo isso é solitário. Mas ele também precisa de momentos de fôlego, ou seja, precisa espairecer, conversar, sair um pouco da rotina de estudos. E, nestes momentos, precisa contar e dividir isso com pessoas próximas e importantes para ele. Aqui entra a necessidade do grupo familiar e de amigos. Ou mesmo de colegas de estudo. E estes momentos fazem toda a diferença no processo de estudo dos concurseiros. Não dá pra viver o tempo todo sob pressão".
 
Mas, mesmo para aqueles que optam por estudar por conta própria, sem qualquer apoio presencial ou a distância, nada deve parecer impossível. Há determinadas pessoas que, inclusive, rendem melhor quando mergulhadas em processos solitários. "Este perfil é daquele aluno com mais autonomia, que geralmente é o concurseiro com um pouco mais de maturidade; alunos que conseguem organizar sua vida acadêmica com mais disciplina, incluindo em sua rotina momentos específicos para o estudo e cumprindo à risca com isso. Podemos dizer que esses são estudantes que têm mais clareza de onde querem chegar. E de como chegarão lá", concluiu. 
 
Interessado na estudo online para concursos? Leia o artigo de Josemary Morastoni.
E confira Infográfico exclusivo!                       
 

Seis erros de quem estuda online

Por: Paulo Chico - [email protected]

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações