Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Tá estudando para concurso? Confira 5 dicas para ficar mais inteligente!

Tá estudando para concurso? Confira 5 dicas para ficar mais inteligente!

Resumo: Confira e coloque em prática as dicas da especialista em desenvolvimento de habilidades cognitivas Solange Jacob, diretora pedagógica da mesma rede SUPERA


O conceito de inteligência é muito amplo e, fora os teste de QI, quase sempre subjetivo. Mas especialistas afirmam que é possível, sim, treinar o cérebro para fazê-lo operar no máximo de sua capacidade - taí uma verdadeira 'mão na roda' para quem está estudando para concurso público
 
“Para quem está procurando técnicas para ter melhor desempenho em suas tarefas, como nas provas de concurso, existem exercícios específicos. Você pode treinar sua capacidade de foco, atenção, raciocínio e memória”, afirma a neurocientista Carla Tieppo, consultora da rede de escolas de ginástica para o cérebro SUPERA.
 
Segundo a especialista, a 'memória de trabalho' é a função do cérebro mais importante para quem pesquisa formas de se tornar mais inteligente. Essa é a habilidade de manter um grande número de informações ativas no cérebro, de modo simultâneo, facilitando o caminho para soluções de desafios no dia a dia.
 
“O cérebro responde muito bem aos estímulos que recebe do ambiente. Tenha experiências que provoquem conexões mais ágeis dentro do seu cérebro, como a ginástica cerebral, ou seja, estimular o cérebro com atividades novas, variadas e cada vez mais desafiadoras. Para isso, você pode usar jogos, como quebra-cabeça, sudoku e hashi”, continua Tieppo.
 
Leia Mais
 
Para a especialista em desenvolvimento de habilidades cognitivas Solange Jacob, diretora pedagógica da mesma rede SUPERA, ser inteligente é ser adaptável. “Isso significa, entre outras coisas, ter capacidade de mudar agilmente o pensamento para definir prioridades, adaptar regras, identificar erros e corrigi-los, aprender mais e melhor a partir de experiências, manter as informações na memória de curto prazo e armazenar e recuperar informações na memória de longo prazo”, explica.

E como aprimorar a inteligência para os concursos?

Por: Paulo Chico - [email protected]

CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações