Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso da Sefaz-SC será reavaliado em janeiro e pode acontecer em 2018

Concurso da Sefaz-SC será reavaliado em janeiro e pode acontecer em 2018

Resumo: Em entrevista a FOLHA DIRIGIDA, o presidente do Sindifisco disse que o concurso para auditor será reavaliado em janeiro de 2018. De acordo com ele, são aproximadamente 100 cargos vagos.


Com déficit de aproximadamente 100 cargos de auditores fiscais, a Secretaria de Fazenda de Santa Catarina (sefaz-SC) irá reavaliar a necessidade de realizar o concurso para a carreira em janeiro de 2018. A informação foi passada pelo presidente do Sindicato dos Fiscais da Fazenda do Estado (Sinfisco), Fabiano Dadam, em entrevista à FOLHA DIRIGIDA nesta terça-feira, 31. 

 

Presidente do Sindifisco
Fabiano Dadam, presidente do Sindifisco

O sindicalista disse ainda que está otimista em relação à realização do concurso. De acordo com ele, a contratação de novos auditores fiscais é imprescindível para Santa Catarina, dada a importância da carreira e o grande número de cargos vagos.  

Sindicato pleita realização do concurso

São cerca de 300 auditores trabalhando, quantia que não supre a necessidade atual. "Existem gerências regionais que cuidam de 15, 20 e até 30 municípios, mas só têm três ou quatro auditores fiscais atuando", conta Dadam. 
 
A seleção, a qual estava prevista para acontecer ainda este ano, não foi autorizada por causa do comprometimento da receita corrente líquida, que não pode ultrapassar o limite do quadrimestre da lei de Responsabilidade Fiscal. Mas ele também rebateu a justificativa para a decisão.
 
Explicou que houve outros concursos em outras áreas no estado, enquanto para o cargo de auditor são oito anos desde a última seleção. Destacou ainda que os auditores contribuem para arrecadação do estado, de modo que o gasto com a realização do concurso teria um retorno muito maior pelo trabalho realizado. 
 

Dadam aconselha que interessados já comecem os estudos

O concurso ofereceria 40 vagas de auditores fiscais, se aprovado. O cargo que exige formação superior em qualquer área e tem remuneração de R$22.800,52, incluindo indenização por uso de veículo de R$4mil e o auxílio-alimentação de até R$252. 
 
Diante deste cenário, Dadam orienta aos interessados na seleção que já iniciam a preparação. "Minha mensagem final para os futuros candidatos é que estudem para esse concurso desde já, para que estejam preparados quando ele acontecer", disse.
 
A melhor base de estudos é a seleção anterior, realizada em 2010 sob organização da Fepese. Na época os concorrentes realizaram três provas que versavam sobre as disciplinas de Português, Informática, Matemática e Estatística, e conhecimentos específicos. Veja como estudar para concursos públicos!

Por: Tamires silva - [email protected]

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações