Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Divulgada convocação para as provas objetivas e títulos


Neste domingo, dia 5, serão aplicadas as provas objetivas do concurso promovido pela São Paulo Previdência (SPPrev) para os cargos de técnicos e analistas previdenciários. Os exames serão iniciados às 9 horas, mas os candidatos devem comparecer aos locais de aplicação com antecedência mínima de meia hora. A convocação, indicando os locais de exames já foi divulgada. Os locais também estão sendo informados aos participantes por meio de cartões informativos, encaminhados por via postal ou mensagem eletrônica pela organizadora, a Fundação Carlos Chagas. O concurso conta com um total de 22.208 inscritos, sendo 13.717 para técnico e 8.491 para analistas, para a oferta de 202 vagas, sendo 165 para técnicos e 37 para analistas.

Quem não receber a convocação oficial poderá entrar em contato com a organizadora, a Fundação Carlos Chagas. Na ocasião, os participantes deverão estar munidos de lápis preto número dois,borracha e caneta esferográfica preta feita de material transparente. Além disso, os concorrentes devem estar munidos de original de um dos seguintes documentos de identificação: carteira ou cédula de identidade, cédula de identidade fornecida por órgãos e conselhos de classe, certidão de reservista, passaporte, carteira de trabalho e Previdência Social ou carteira de habilitação com foto.

Em caso de perda, roubo ou extravio de documentos, os candidatos deverão apresentar boletim de ocorrência expedido há, no máximo, 30 dias. Neste caso, serão submetidos a uma identificação especial, que constará de coleta de dados, assinatura e impressão digital em formulário específico. O mesmo procedimento será adotado em caso de candidato cujo documento apresentar dúvidas de identificação. Posteriormente, em caso de aprovação do participante, no ato da nomeação o candidato terá sua impressão conferida para atestar a respectiva identidade.

A duração das provas será de três horas para técnicos e 3h30 para analistas. Para os técnicos, a prova objetiva contará com 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos (15 de Língua Portuguesa e 15 de Matemática e Raciocínio Lógico)  e 30 de Conhecimentos Específicos (15 de noções de Informática, cinco de noções de Direito Administrativo, cinco de noções de Direito Constitucional e cinco de Legislação Estadual). Para os analistas serão 70 questões, sendo 20 de Lingua Portuguesa e 50 de Conhecimentos Específicos. Para ser aprovado será necessário atingir um mínimo de 150 pontos para  os técnicos e 200 para analistas. Os candidatos a analistas deverão apresentar títulos, com limite de 11 pontos. Deste total, serão concedidos dois para cursos de pós-graduação lato sensu com duração mínima de 360 horas; quatro para curso de pós graduação em nível de mestrado e cinco para pós-graduação em nível de doutorado. Os documentos devem ser enviados no período de 6 a 8 de agosto, por sedex ou aviso de recebimento, para a Fundação Carlos Chagas.  No caso dos analistas, após a nomeação, os aprovados serão submetidos a um curso de formação profissional ministrado pela própria SPPrev.
SERVIÇO
Atendimento sobre locais de provas - (011) 3723-4388
Envio de Títulos - Av. Professor Francisco Morato, 1.565, Jardim Guedala, CEP 05513-900

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações