Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Nível médio e inicial de R$6.308. Inscrições abertas!


Proporcionando salário inicial de R$6.308,42 no nível médio, o concurso do Tribunal de Contas da União (TCU) é uma das melhores atuais opções na carreira pública. O cargo, com 33 vagas, é o de técnico federal de controle externo, para o qual os interessados têm até dia 30 para se inscreverem, optando pelo local da vaga desejada e pela cidade de realização da prova, que será aplicada em 2 de setembro. A carreira de técnico de controle externo pode ter início no Distrito Federal, que dispõe de 24 vagas, em Pernambuco, Roraima ou Mato Grosso (duas em cada), ou no Amapá, Amazonas e Rondônia (uma cada), onde o nomeado ficará lotado por até três anos, após o que poderá solicitar transferência, segundo o edital retificado.
 
Os estatutários terão de cumprir jornada semanal de trabalho de 40h na área de apoio técnico e administrativo do TCU. Para participar da seleção é preciso acessar a página eletrônica do organizador, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), preencher o cadastro e pagar a Guia de Recolhimento da União (GRU) no valor de R$76, até o dia 10 de agosto. É possível pedir isenção do pagamento durante todo o período de cadastramento, devendo o interessado estar inscrito nos programas sociais do governo federal e ser considerado membro de família de baixa renda; o resultado dessa análise sairá no dia 3 de agosto. A validade do concurso é de seis meses, podendo ser prorrogada pelo mesmo período.

Serviço
Inscrição: www.cespe.unb.br/concursos/tcu_12_tefc/

Prova em setembro: 102 questões

Para conseguir a vaga no Tribunal de Contas da União (TCU) o candidato deve reforçar os estudos o quanto antes, já que as avaliações objetiva e discursiva serão aplicadas na tarde do dia 2 de setembro. O Cespe/UnB informará os locais em 23 de agosto, em cada uma das capitais dos 26 estados da Federação e no Distrito Federal. Os concorrentes terão cinco horas para responder a 100 questões objetivas, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 50 de Específicos. A prova discursiva terá uma questão básica e outra específica, além de uma redação de peça de natureza técnica, de até 30 linhas . Para ser aprovado é preciso obter 20 (de 50) pontos na seção básica e 40 (de 100) na específica. A parte discursiva valerá 40 pontos, sendo necessário obter metade deles.

Os resultados das provas objetivas e o provisório das discursivas estão previstos para o dia 25 de setembro. Os classificados passarão por curso de formação, remunerado e com duração de dois meses, em Brasília. A validade do concurso é de seis meses, a partir da data de publicação do resultado final, podendo ser prorrogada pelo mesmo período.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações