Concurso TJ-MA: retificação acrescenta nova disciplina na prova - Folha Dirigida
Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso TJ-MA: retificação acrescenta nova disciplina na prova

Concurso TJ-MA: retificação acrescenta nova disciplina na prova

Edital do concurso TJ-MA é retificado e nova disciplina é acrescentada no quadro de provas.

A Fundação Carlos Chagas (FCC) publicou uma retificação do edital do concurso TJ-MA, que altera o quadro das provas. A disciplina de Direitos das Pessoas com Deficiência foi incluída no programa de todas as carreiras.

Também houve mudança em outros tópicos do conteúdo programático, como na disciplina Organização Judiciária Estadual, na redação da tabela de cargos e no anexo sobre atribuições das carreiras.

Concurso tem inscrições abertas para 63 vagas

O concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão está com prazo inscrições aberto para 63 vagas efetivas em cargos de níveis médio, técnico e superior. Os ganhos iniciais chegam a R$9 mil.

Nos níveis médio e técnico as vagas são de técnico judiciário em várias áreas, com remuneração inicial de R$4.812,72. O valor é composto pelo vencimento básico de R$3.927,72 mais o auxílio-alimentação de R$885 por mês. 

No nível superior, serão concorridas 15 vagas de oficial de justiça, com ganho inicial de R$7.768,85, já incluindo o auxílio-alimentação de R$885. A carreira exige bacharelado em Direito. 

Outras 23 são para analistas, também de nível superior, nas áreas de Psiquiatria (uma vaga), Psicologia (uma), Serviço Social (uma), Direito (15), Engenharia Mecânica (uma), Sistemas – Suporte e Rede (duas) e Desenvolvimento (quatro). A remuneração inicial é de R$9.115,35. 

Os interessados em concorrer a uma das vagas podem se inscrever até o dia 28 de agosto por meio do site da FCC. As taxas custam R$70 para o nível médio e R$100 para o superior. 

Prepare-se para o concurso TJ-MA

Concurso tem três etapas de avaliação

As primeiras etapas do concurso TJ-MA serão as provas objetiva e discursiva, marcadas para o dia 29 de setembro. A aplicação ocorrerá no turno da manhã para técnico e à tarde para oficial e analista.

Os candidatos terão até quatro horas para responder a 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais (peso 1) e 30 de Conhecimentos Específicos (peso 2). A primeira parte abrange as disciplinas de:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico-Matemático
  • História e Geografia do Estado do Maranhão
  • Organização Judiciária Estadual

Já a parte específica tem tópicos que variam de acordo com o cargo. O exame discursivo consistirá em um estudo de caso para os candidatos no nível superior e uma redação para os de níveis médio e técnico. 

Os classificados nessas etapas serão submetidos a análise de títulos. Os documentos deverão ser entregues em data a ser divulgada no edital de convocação, em 19 de setembro. 




Comentários