Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Veja testes e vídeo sobre Crase para concurso do TJ-MG


É grande a expectativa para o lançamento do edital do concurso para cargos de nível médio do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJ-MG), previsto para o segundo semestre. Com isso, é de suma importância que os candidatos iniciem os estudos o quanto antes.

A Consuplan já foi designada como organizadora da seleção. Segundo o professor de Informática do curso Atuallys, Paulo França, a organizadora geralmente traz enunciados longos, o que torna a prova cansativa. Mas ainda de acordo com Paulo, o nível de dificuldade das questões é alternado. Assim, é possível realizar uma prova com questões relativamente fáceis, entretanto outras um pouco mais difíceis.

As vagas ofertadas serão para oficial de apoio judicial (Justiça Comum e Juizado Especial) e oficial judiciário (Comissário da Infância e da Juventude. O termo de referência, uma espécie de prévia do edital enviado à organizadora, aponta remuneração de R$3.238,54, já incluído R$799 de auxílio-alimentação. Os servidores serão contatados sob o regime estatutário, que garante estabilidade.

A perspectiva quanto ao número de vagas também é grande, uma vez que na última seleção, que ocorreu em 2009, foram contratados mais de 4 mil servidores. Nesta ocasião, o órgão não disponibilizou vagas imediatas, mas criou cadastro de reserva que acabou contratando 4.237 servidores ao cargo de oficial de apoio judicial até dezembro de 2014, data em que o concurso foi expirado.

Os especialistas acreditam que o número de inscritos seja grande, pois o nível de dificuldade das provas é intermediário. Ainda de acordo com o termo referencial, a primeira etapa do exame será feita através de um exame de múltipla escolha, que deve apresentar 20 perguntas de Língua Portuguesa, 15 de noções de Informática, 20 de noções de Direito e 25 de Atos de Ofício. Acredita-se ainda que a segunda fase será feita por provas prática de digitação.
 
Confira em anexo os testes de Português, elaborado pelo professor Eônio Monteiro, e Informática, pelo professor Paulo França. Ambos lecionam no curso preparatório Atuallys, de Belo Horizonte. Veja também vídeo do professor Eônio sobre Crase:
 
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações